Manaus 30º • Nublado
Segunda, 29 Novembro 2021

A arara canindé é uma ave que vive em áreas da América Central até São Paulo.

Liderança espiritual, o pajé exerce a função de curandeiro e conselheiro

Principal ponto turístico da capital amapaense, a Fortaleza de São José de Macapá é considerada a maior fortificação do Brasil

Os caboclos contam que dentro da floresta vive o Mapinguari, um gigante peludo com um olho na testa e a boca no umbigo.

Foi a primeira casa de espetáculos construída na Amazônia e tem características grandiosas

Uma das mais famosas armas indígenas, a zarabatana também é utilizada como prática esportiva pelos povos tradicionais

Uma das manifestações coreográficas mais belas do Pará, o Siriá é dançado em pares e ritmado por atabaques 

Manduka namorava sua irmã. Todas as noites ia deitar com ela, mas não mostrava o rosto e nem falava, para não ser identificado. A irmã, tentando descobrir quem era, passou tinta de jenipapo no rosto de Manduka.

Os botos são conhecidos por serem brincalhões como os golfinhos e pertencem à subordem dos Odontocetos.

Na floresta, o piolho de cobra pode ser encontrado em lugares úmidos como, por exemplo, madeiras podres e embaixo de folhas

A aparência dele pode até ser feia, mas o bodó é um peixe de sabor indescritível

Uma das principais etnias indígenas do estado de Roraima, os Wapichana são a maior população arawak do norte amazônico

 Conhecida popularmente como seringueira, a Hevea brasiliensis é uma das mais famosas árvores da região amazônica

A japecanga é uma planta medicinal que, com o crescimento do desmatamento na região, acabou se tornando rara

O Cachorra, Peixe cachorro, Pirandirá é encontrado em Bacias Amazônicas e Araguaia-Tocantins.

Um dos principais pontos turísticos de Macapá, o Monumento do Marco Zero foi construído para contemplação dos equinócios de primavera e outono

De origem indígena, a maniçoba é um dos mais tradicionais pratos nortistas e ficou conhecida como a feijoada paraense

O açaí floresce quase o ano inteiro, porém predominando de setembro a janeiro

Considerada uma das mais belas palmeiras brasileiras, ideal para o paisagismo de grandes espaços e terrenos úmidos ou brejosos 

O Ver-o-peso vende de tudo: verduras e frutas variadíssimas, farinhas de todos os tipos, camarões e peixes secos, artesanato, entre outros