Manaus 30º • Nublado
Quarta, 22 Setembro 2021

Palacete Provincial

Foto: Michael Dantas/SEC

Quem visita o Centro Histórico de Manaus encontra diversas opções turísticas, tanto para quem mora na cidade como para os visitantes de fora. E uma delas é o Palacete Provincial, que abriga cinco museus que estão sob responsabilidade da Secretaria de Estado da Cultura (SEC). Foi por mais de cem anos quartel da Polícia Militar do Amazonas, e hoje é um patrimônio tombado junto com a Praça Heliodoro Balbi e o Colégio Amazonense Dom Pedro II.

A denominação de Palacete Provincial surgiu do fato de ter sido sede do governo da Província do Amazonas e de residência de seus presidentes. Sua construção foi iniciada pelo comerciante português Alexandre Paulo de Brito Amorim para servir de residência a sua família. Restaurado entre 2007 e 2009, o Palacete Provincial abriga o Museu de Numismática, o Museu da Imagem e do Som do Amazonas, a Pinacoteca do Estado, o Museu de Arqueologia e o Museu Tiradentes.

O Museu de Numismática Bernardo Ramos tem seu acervo constituído por valiosas coleções de moedas da Antiga Grécia, do Império Romano, do Brasil em seus períodos de Colônia, Império e República, além de moedas, cédulas, Medalhas e condecorações. Em uma sala ao lado, está em exposição temporária uma coleção de moedas da China com seus acontecimentos e importância histórica.

O Museu da Imagem e do Som do Amazonas resgata, preserva e divulga a produção regional da cultura amazônica, materializada pela imagem e pelo som – cinema, fotografia, música, televisão, rádio, revistas e outros – organizados em acervos museológicos, iconográficos, bibliográficos, arquivísticos, audiovisuais e multimídia.

A Pinacoteca do Estado possui um acervo de aproximadamente mil obras de arte, nas mais diversificadas técnicas e de autoria de mais de 300 artistas diferentes, oferecendo um panorama abrangente da produção artística brasileira dos séculos XIX e XX, ilustrado, principalmente, por artistas regionais.

O Museu de Arqueologia trata dos acervos recolhidos no território do Estado do Amazonas e desenvolve, a partir da sua exposição, processo pedagógico de informação e orientação da população sobre o valor deste patrimônio. Ficam expostos nesta sala fragmentos arqueológicos encontrados na Região Amazônica. A exposição apresenta também uma estatueta de arte mobiliar arqueológica, esculpida e polida em um bloco único de esteatita, semelhante a pedra sabão, mostrando uma figura com características humana e animal que está associada à cultura Tapajônica. Na exposição também é possível conhecer as formas de sepultamento de alguns povos indígenas, bem como seus respectivos significados.

O Museu Tiradentes foi constituído a partir da antiga sala de armas existente no Quartel da Polícia Militar e conta a história da corporação militar amazonense desde seus primeiros dias. Retrata a história da Corporação Militar do Estado do Amazonas, com mobília original da época, além de arquivo integrado, com livros de registros individuais dos membros da corporação, além de armamentos, fardas, armaduras e equipamentos utilizados pelo Corpo de Bombeiros. Na exposição 'Flagrantes da História', o visitante pode visualizar vídeos de eventos festivos e ouvir o som de alguns armamentos. 

Veja mais notícias sobre Amazônia de A à ZP.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 23 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/