Manaus 30º • Nublado
Terça, 28 Setembro 2021

 O sapo-aru também é conhecido como sapo-cururu-pé-de-pato, sapo-do-surinã e sapo-pipa. Esta á uma das espécies mais conhecidas da Amazônia.

O curso histórico de Caapiranga se prende ao de Manacapuru

As origens do município de Amaturá se prendem às de São Paulo de Olivença que remontam à missão de São Paulo Apóstolo. 

 "Itapiranga" é um termo de origem indígena que significa "pedra vermelha", através da junção dos termos tupi ou do nheengatu itá (pedra) e pyranga (vermelha).

 Criado em 2010, o Casarão se tornou um ponto cultural, social e afetivo da cidade de Manaus

 O município é considerado o menos populoso do estado, de acordo com o IBGE

Com pouco mais de 7 mil habitantes, é o segundo município menos populoso do Amazonas e supera apenas Japurá.

Rio Branco surgiu como um pequeno povoado, que se formou em torno do seringal fundado em 28 de dezembro de 1882 pelo cearense Neutel Maia. 

Seu nome presta homenagem ao coronel do Exercito Brasileiro Antonio Sena Madureira, militar que participou da Guerra do Paraguai. 

O boto, como Uauiará, representa o variante masculino da Iara (Mãe-d'Água), dona de igual poder de encantamento e sedução. Assim, de modo amplo, o boto está simbolizando o elemento água, dentro da qual vive.

Em 1943, o nome da cidade, que era Brasília, foi mudado para não ser confundido com a futura capital federal. Recebeu uma nova denominação, derivada da união das palavras Brasil (Bras) e Hiléia (floresta), utilizada até hoje. 

Conhecido como a terra do abacaxi gigante, Tarauacá é distante 383 km em linha reta da capital Rio Branco

Um casal de índios pertencente a tribo Maués pediu a Tupã para dar a eles uma criança para completar suas vidas. Tupã atendeu o desejo dando a eles um lindo menino.

"Princesinha do Acre", o município de Feijó também é conhecido por ser a terra do açaí.

A lenda do Bororo, dos indígenas desta tribo explica o surgimento das estrelas

A história de Senador Guiomard começa em 1930, com formação da colocação Quinarizinho, durante o auge do extrativismo. 

 Seu nome deriva da tribo indígena dos Xapurys. Na década de 1980 a cidade também foi palco do movimento de resistência dos seringueiros em defesa dos seringais nativos da região.

Rodrigues Alves é o lar do Parque Nacional da Serra do Divisor

A cidade é conhecida por ser a mais ocidental do Brasil. Situa-se a 617 KM da capital do Estado Acreano. 

O município ganhou este nome em homenagem a José Plácido de Castro, militar, líder da Revolução Acriana e posterior Presidente do Estado Independente do Acre.