Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 31 Outubro 2020

2017: Honda da Amazônia aposta em alta cilindrada

2017: Honda da Amazônia aposta em alta cilindrada
A Moto Honda da Amazônia lançou a nova geração da África Twin, no Brasil. Produzida no Polo Industrial de Manaus (PIM) a moto estradeira de 1000cc chega às concessionárias da empresa em 2017, com preço a partir de R$ 64 mil. A gigante japonesa do setor de duas rodas, mesmo diante da maior crise que vem assolando a economia do país, continua investindo em novidades. Esse modelo de alta cilindrada é o principal lançamento da multinacional para o próximo ano.

Na unidade de Manaus, a Moto Honda além de produzir 26 modelos de 110 a 1000 cilindradas, também conta com a produção de quadriciclos e motores estacionários, garantindo a liderança com 80% do mercado nacional. A expectativa para o ano que vem, gira em torno do lançamento da Honda África Twin 1000cc. A moto aventureira, ideal para viagens de longa distância, será produzida pela primeira vez no Brasil, com preço a partir de R$ 64.900 nas concessionárias da empresa. O modelo estará disponível nas cores vermelha e branca (tricolor). A nova geração possui motor de 2 cilindros e 999,1cc, que rende 90,2 cavalos de potência e 9,3 kgfm de torque.

Honda da Amazônia, Paulo Takeuchi, não revela os novos investimentos para 2017, mas garantiu que a empresa acredita no modelo da ZFM e que é apenas uma questão de tempo para a retomada do crescimento. "O setor de duas rodas tem muito a crescer. Não sabemos dizer quando. Porque acredito que mesmo a retomada dessa dificuldade atual será gradativa. Mas não tenho dúvidas do potencial", disse. De janeiro até outubro deste ano, a multinacional vendeu 632 mil unidades, que significa uma redução em torno de 20% na comparação com o mesmo período do ano passado. 
Foto: Divulgação/Honda da Amazônia
Mesmo diante da maior crise que vem assolando a economia do país, a multinacional está comemorando, quase meio século, em atividade na região. “A Honda faz 45 anos no Brasil, e 40 da nossa fábrica de motocicletas aqui no Amazonas. Fomos muito bem acolhidos, com muito trabalho e apoio de todos e, por isso, chegamos onde estamos. É uma das maiores indústrias do grupo Honda. Obviamente passamos por momentos difíceis, mas também grandiosos", reitera Takeuchi.

Foi extensa a programação que marcou a data dos 40 anos da Honda em Manaus, durante a semana passada. Na fábrica foi organizado um almoço seguido de visita à linha de produção com a presença do governador José Melo, que aproveitou a oportunidade para conhecer o processo fabril e conversar com os trabalhadores. “A Moto Honda é um grande exemplo. Conseguiu construir um modelo de verticalização, adaptou as necessidades do Estado e do país. Gera milhares de empregos e contribui de forma grandiosa com a pauta de exportações. É uma empresa símbolo da Zona Franca de Manaus e sonhamos com mais 40 anos”, destacou.

Durante a visita, foi exposto aos convidados o modelo da primeira moto produzida pela empresa na ZFM, além de outras duas motocicletas que simbolizam a contínua evolução da atividade da Moto Honda na região. A superintendente da Suframa, Rebecca Garcia, o deputado estadual, Serafim Correa e o vice-presidente da Fieam, Nelson Azevedo e diretores da Honda também celebraram a data.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 31 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/