Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 20 Junho 2021

Professor da rede estadual tem artigo publicado sobre a importância da robótica na educação

Na última quarta-feira (20), o professor Leonardo Fernandes teve seu artigo publicado no e-book da Editora Atena, sobre como a robótica tem sido importante no componente curricular dos alunos da rede estadual de ensino. A pesquisa usou como parâmetro a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e o campo do conhecimento que estuda a inter-relação entre Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). Além disso, o educador utilizou como parâmetro um projeto que iniciou na Escola Estadual Dr. Mário Chermont, no bairro da Cremação, em Belém, onde leciona a disciplina de Física.


Foto: Divulgação

A iniciativa buscou fazer o reaproveitamento do lixo eletrônico; os estudantes levavam os materiais que podiam ser reutilizados e estudavam de que maneira aquele material poderia ser reciclado. Devido ao sucesso do projeto, foi firmada uma parceria com o Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) Belém e dez alunos foram selecionados para participar de um curso de robótica que utiliza o lixo eletrônico como ferramentas.

Os alunos levavam o conhecimento que adquiriram durante o curso para dentro da sala de aula, e compartilhavam os aprendizados com os demais colegas de classe. Segundo o professor Leonardo Fernandes, a parceria com o NTE Belém foi essencial em todo processo, porque sempre que houver vagas, os alunos vão poder fazer os cursos fornecidos pelo núcleo para aperfeiçoar suas competências e habilidades.

"O projeto foi tão bem desenvolvido, que foi possível fazer uma Feira com apresentação de robôs-carrinhos, confeccionados e programados pelos estudantes", afirmou.

De acordo com o instrutor, também foi criado um Clube de Robótica com computadores e lixos eletrônicos recolhidos no bairro da Cremação e arredores. Os ex-alunos que participaram do projeto, criaram um vídeo tutorial para que os futuros estudantes da escola pudessem dar continuidade à iniciativa e possam aprofundar ainda mais as experiências científicas já realizadas.

O programa inicialmente era composto apenas por alunos da 3ª série do Ensino Médio, mas, por ser bastante abrangente e sustentável, toda a comunidade escolar poderá participar. Outros professores se sentiram tão motivados com o engajamento dos estudantes que aderiram à proposta, ajustando os conteúdos para suas respectivas disciplinas. "Antes era apenas Física, Química e Biologia. Pelo bom andamento do projeto, será um propagado por toda escola", explicou o educador.

Todas as disciplinas vão assumir o projeto e dar sua parcela de contribuição para o desenvolvimento dos estudantes. A área de humanas se aprofundará em discussões sociológicas e filosóficas sobre o uso das tecnologias; a ciência sobre os efeitos ambientais e biológicos; e a disciplina de linguagem vai contemplar os trabalhos que envolvam textos dissertativos. 

Veja mais notícias sobre Inovação e TecnologiaPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 20 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/