Manaus 30º • Nublado
Terça, 23 Abril 2024

Técnicas para potencializar produção de forragem e silagem são estudadas por pesquisadores da Amazônia

Pesquisadores de Rondônia e Mato Grosso publicaram estudos em revistas nacionais e internacionais que revelam avanços na produção agropecuária, como técnicas que potencializam a produção de forragem e silagem.

Forragem é um termo que se refere a plantas ou partes de plantas utilizadas como alimento para animais. Já a silagem é uma forma de conservar alimentos para o gado e garantir sua nutrição ao longo do ano.

Sorgo foi um dos produtos pesquisados em RO e MT. Foto: Divulgação/IFRO

Os três estudos foram liderados por pesquisadores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Campus Colorado do Oeste, e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Campus Cuiabá.

De acordo com os pesquisadores, os estudos, além de serem uma opção mais sustentável para produtores, também são um novo modelo para entender a agropecuária mais eficiente, sustentável e resiliente.

Os avanços científicos do capim, milho e sorgo 

A primeira pesquisa foi publicada no Journal of Experimental Agriculture International em 2023 e explicou sobre a fertilização do capim Marandu, um dos principais capins forrageiros utilizados na agropecuária do Brasil.

Segundo os pesquisadores, existe um método para potencializar o rendimento e a qualidade do capim, apontando para uma produção mais eficiente e sustentável: combinar fosfatos acidulados com microrganismos solubilizadores de fosfato.

A segunda pesquisa, publicada na revista Animals em 2023, focou na integração entre o milho e capim em diferentes modos de semeadura para produção de silagem.

Foto: Reprodução/IFRO

Os pesquisadores descobriram que apesar de não afetarem diretamente a qualidade da silagem, algumas práticas de cultivo podem influenciar o resultado das forragens e das silagens.

O terceiro estudo, publicado na Agronomy, em 2024, os pesquisadores se concentraram em descobrir os efeitos dos espaçamentos e da densidade das plantas no cultivo de sorgo para produção de silagem.

De acordo com a pesquisa, o cultivo do sorgo em condições mais adensadas não apenas aumentou a produtividade, mas também melhorou a qualidade da silagem, possibilitando a oferta de um alimento mais nutritivo para o gado.

Veja mais notícias sobre Inovação e TecnologiaRondôniaMato Grosso.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 23 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/