Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 10 Mai 2021

Festival Amazonas de Jazz é adiado após orientações do MS sobre cuidados na disseminação do coronavírus

O projeto Cidade do Jazz, da Fundação Rede Amazônica, também anunciou o adiamento das atividades. Novas datas devem ser divulgadas em breve

Centro de Biotecnologia quer criar novo polo industrial no Amazonas

Ideia é gerar riquezas a partir da biotecnologia.

Na Amazônia, Instituto Mamirauá realiza 1º manejo sustentável de jacaré em vida livre do Brasil

Atividade pode se tornar fonte de renda alternativa para comunidades ribeirinhas do interior da Amazônia

Amazonense conquista campeonato de jiu-jitsu nos Estados Unidos

​Michel também é 10 vezes campeão amazonense de jiu-jitsu, campeão brasileiro e mundial.

Após anúncio do primeiro caso confirmado de coronavírus no Amazonas, UFAM suspende atividades por 15 dias

​O período inicial de suspensão é entre os dias 16 e 30 de março, podendo ser prorrogado.

Moto Honda da Amazônia chega a 25 milhões de motos produzidas no PIM e defende modelo ZFM

A conquista foi celebrada entre os executivos da empresa enaltecendo a importância de continuidade da ZFM, em meio à Reforma Tributária prevista pelo governo

Amazonas atualiza Plano de Contingência para enfrentamento do Covid-19

​O Amazonas tem até o momento 12 casos notificados como suspeitos de Covid-19, sendo 8 descartados e 4 em investigação.

Miquéias Pinheiro e convidados agitam a Casa do Jazz neste sábado

A apresentação faz parte da programação cultural gratuita oferecida pelo espaço.

Parceria oferece 230 vagas gratuitas de cursos profissionalizantes para mulheres em Manaus

As inscrições serão realizadas somente no dia 11 de março, de 10h às 14h, pela internet.

Festival Amazonas Jazz leva rap para o palco do Teatro Amazonas

A 10ª edição do Festival Amazonas Jazz ocorre de 21 a 29 deste mês, e reunirá em Manaus duas referências da cena nacional: o paulista Kamau e o brasiliense Raffa Santoro.

‘Bella Causa’ estimula doações de itens básicos na Copa Rede Amazônica de Futsal 2020

Comprometida com a causa social, a 22ª edição da Copa Rede Amazônica de Futsal começa nesta terça-feira (7), com quatro jogos na rodada de abertura. A partir das 18h30, a Arena Amadeu Teixeira, em Manaus, receberá o desfile dos participantes e apresentação da Campanha Bella Causa, que tem o objetivo de dar visibilidade à luta contra a violência e abuso sexual sofrido por crianças na região Norte. 

Foto: Rômulo Almeida/Rede Amazônica
"A Copa Rede Amazônica de Futsal é um evento tradicional do Grupo, e que hoje é um projeto da Fundação Rede Amazônica (FRAM) com cunho social. Além da condição social do esporte, a Copa está aplicando algumas atividades durante o campeonato, como a arrecadação de itens de donativos", conta Marcya Lira, secretária geral da FRAM.


A campanha Bella Causa dentro da Copa Rede Amazônica de Futsal começou no momento das inscrições, onde as equipes precisaram doar leite e um brinquedo para garantir a participação no campeonato.


"Tudo arrecado no momento das inscrições já está separado para doação. O leite será doado para uma instituição que atende idosos e os brinquedos vão para a Casa da Criança", conta Márcya.


Ainda segundo a secretária geral, a proposta do campeonato esse ano é transformá-lo em um evento socialmente responsável. "Durante os jogos nas quadras haverão frases de impactos, porque queremos apresentar a proposta da campanha Bella Causa, como um movimento que apoia a proteção à criança da região. Vamos falar muito claramente sobre a exploração sexual, para quem estiver presente ou acompanhar as transmissões por nossos veículos de comunicação", conta.


Foto: William Costa/Portal Amazônia
Torcidas



Uma novidade para as torcidas é o Prêmio Bella Causa, que reconhecerá a torcida que mais estiver engajada na doação de itens de higiene e limpeza para a campanha.


"Durante todo o campeonato, as torcidas vão poder levar itens de higiene e limpeza, como papel-higiênico, creme dental, colônia, pente, lenço umedecido, desodorante, shampoo, escova de dente, hidratante, filtro solar, fralda e outros. Ao final do campeonato, a torcida que levar o maior número de itens receberá o prêmio da campanha", disse Marcya.


A organização também receberá doações de pessoas que queiram contribuir com a Bella Causa. Basta levar, durante o horários das partidas, os itens de higiene ao Ginásio do Clube do Trabalhador – SESI, no Coroado, onde acontecerão os jogos da competição. Os jogos da roda de abertura e encerramento, na Arena Amadeu Teixeira. Um representante da equipe de organização estará recebendo os donativos.


O Melhor da Rodada



Com os times em campo e tudo sendo registrado pelas torcidas, o programa 'Melhor da Rodada ' será a oportunidade que os jogadores terão de se ver na televisão. O Canal Amazon Sat, comprometido com a campanha Bella Causa e a região amazônica, além de grande incentivador do esporte na Amazônia, levará ao ar um programa descontraído, com informações da rodada da semana.


"É um programa produzido aqui pelo canal Amazon Sat, que trata dos bastidores da Copa Rede Amazônica de Futsal 2020. Então, com muita descontração e informação, falando sobre os destaques da rodada da semana, além de entrevistas com os atletas, treinadores e um resumão dos jogos. Estamos produzindo um programa como se fosse uma grande resenha da rodada", conta o gerente de programação e conteúdo do Amazon Sat, Anderson Mendes. 


Foto: Reprodução/Amazon Sat
Apresentado pelo radialista Ronaldo Lima, o 'Melhor da Rodada' começa no domingo (12) e segue no ar aos domingos, a partir das 11h (horário de Manaus), na tela do Amazon Sat, até o final da competição. Os horários alternativos serão aos domingo, 19h e quintas-feiras, as 9h e 17h.


Para acompanhar os resultados da Copa, acesse: coparamdefutsal.com.br.

Alunos do interior do Amazonas vencem desafio e vão para Roma, na Itália

Três alunos do 3º ano do ensino médio e um professor da Escola Estadual Professora Maria Belém, localizada no município de Barreirinha, a 311 km de Manaus, estão de malas prontas para Roma, na Itália. Juntos, eles criaram um dos sete projetos selecionados pelo desafio “Criativos da Escola”, que encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades – reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança.


Ao todo, foram inscritas 1.443 iniciativas de todos os Estados do Brasil. O grupo embarca nesta segunda-feira (25) com destino à capital italiana.


Para a disputa, os estudantes José Victor Tavares da Silva, Laís Raquel dos Santos Fonseca e Elem Pimentel Belo e o educador Jonailson Xisto desenvolveram o projeto “Amazônia, um laboratório natural”, que consiste em levar as aulas para fora dos muros da escola. A equipe organizou uma turma experimental de 25 estudantes do 3º ano do Ensino Médio da Escola e viajou por duas horas de barco até a comunidade São Francisco do Paranã do Moura. No local, os alunos se dividiram em cinco grupos, onde um integrante de cada cumpria o papel de monitor. Toda a atividade foi acompanhada por professores da escola.
Foto:Cleudilon Passarinho/Governo do Amazonas


Temas


Durante o dia de visitação, cada equipe ficou responsável pela exposição de um dos temas, que foram divididos segundo os tipos de água (clara, branca e preta), os diferentes habitats dos animais (várzea e terra firme), as florestas primária e secundária, os aspectos das diversas plantas (briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas) e os tipos de serpentes (venenosas e não venenosas).


Para o professor Jonailson Xisto, que orienta os estudantes, o sucesso da experiência transformou a percepção da turma e melhorou significativamente a absorção dos conteúdos. “Nós estaremos representando Barreirinha, o Amazonas e o Brasil, juntamente com outras seis equipes que viajam para Roma. A nossa expectativa é muito grande, além de representarmos o Estado, a possibilidade de estarmos em contato com mais 2 mil crianças de vários países nos deixa ainda mais motivados para apresentar o nosso projeto. Sem contar que o compartilharemos com diversos educadores que buscam transformar vidas através do ensino”, disse.


Estímulo


A estudante Lais Raquel Fonseca citou ainda o esforço de toda a equipe para tornar realidade um projeto de tamanha importância. “Poder representar a nossa escola e o nosso Estado é um grande estímulo para cada um de nós, que nos empenhamos bastante desde o início até recebermos a notícia que que iríamos para Roma. Isso demonstra o retorno que este projeto nos deu: tudo valeu, inclusive, a dedicação e o esforço que depositamos nesta iniciativa”, afirmou.


A novidade desta edição do “Criativos da Escola” ficou por conta da viagem de premiação ser internacional: uma imersão em Roma, na Itália, com mais de 2 mil crianças e jovens de países integrantes do movimento “Design for Change”. Além dos estudantes, a conferência contará com a presença do papa Francisco, de artistas e outras lideranças mundiais.


Sobre o desafio


O “Criativos da Escola” encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. O protagonismo, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe são os pilares centrais deste projeto que busca envolver e estimular educandos e educadores de diferentes áreas no engajamento e na atuação em suas comunidades.


A iniciativa faz parte do “Design for Change”, movimento global que surgiu na Índia e está presente em 65 países, inspirando mais de 2,2 milhões de crianças e jovens ao redor do mundo.

Alunos paratletas do Amazonas vão disputar Paralimpíadas Escolares em SP

O ano de 2019 vai ser encerrado com chave de ouro para 34 alunos paratletas do Amazonas vão participar das Paralimpíadas Escolares Loterias Caixas 2019, realizadas em São Paulo entre os dias 19 e 22 de novembro, no Centro de Treinamento Paraolímpico.


A Secretaria de Estado de Educação e Desporto do Amazonas (SEDUC) cedeu as passagens áreas aos paratletas, todos de escolas públicas do Estado, que representarão as unidades de ensino em que estudam nas disputas em modalidades como Bocha, Atletismo, Natação, Parabadminton e Tênis de Mesa.
Foto:Divulgação/Governo do Amazonas 


A competição está na 13ª edição e o Amazonas participa pela 12ª vez, segundo o chefe da delegação, professor Joaquim Filho, que ressaltou o bom histórico do Estado na competição e a expectativa para esse ano em superar os números anteriores. Joaquim aproveitou e agradeceu o apoio dado aos paratletas.


“Esse apoio é importante, pois esses atletas são convidados a treinar, se destacam e ganham notoriedade, por isso são selecionados para defender o nosso brasão”, disse.


Segundo o secretário Executivo Adjunto de Juventude, Adérito Penafort Junior há um empenho em procurar sempre apoiar o esporte local, proporcionando oportunidade para que os atletas amazonenses cresçam e se destaquem nacionalmente.


“Esses meninos e meninas já têm um currículo extenso de vitórias em grandes competições e são campeões da vida pela superação. Desejamos que tenham sucesso e tragam medalhas para o Amazonas”, finalizou.

Gastronomia Amazônica: granolas com sabores regionais são apresentadas em Feira de Manaus

Com uma mistura de frutas secas, grãos, sementes e açúcar mascavo, a granola, facilmente encontrada na Escócia e Estados Unidos, vem ganhando espaço nos paladares amazonidas. Principalmente associada à energia, ela é comum durante a alimentação com açaí e vitaminas  que estão disponíveis em quiosques espalhados pela cidade. A reinvenção da granola vem associada aos produtos típicos da Amazônia, como a pupunha, a banana pacovan, o tucumã e o açaí.
Foto:Diego Oliveira/Portal Amazônica


Feita de forma artesanal, a granola amazônica traz os ingredientes nativos, zero-açúcar, zero-lactose, nenhum conservante e sabores com composições funcionais. Segundo chef de Fábio Silva, da Amigos da Floresta Turismo e Gastronomia, criador do produto.


"O valor nutricional de nossas granolas tem um fim específico, frutas com castanhas, vitaminas e proteínas, relaxamento muscular com banana, maracujá, a energia do açaí, e outros amores que trabalham com a termogenia do organismo como um salgado com cogumelos indígenas", conta o chef.


Ainda segundo o chef, as granolas amazônicas são parte de um circuito gastronômico da Amazônia, que tem o objetivo de unir o turismo e a gastronomia.


"A Amigos da Floresta existe a 25 anos como guia de turismo, e já desenvolvemos vários tipos de turismo e roteiros por toda a Amazônia brasileira. Nos últimos anos a gastronomia estreou como parte do turismo e tem uma ciência em si, que nos dedicamos nos últimos anos. E desenvolvimento em base profissional o turismo gastronômico, que como guia e chef, conseguimos unir laços e termos formas interessantes", ressalta.

Além das granolas, no estande, também estão disponíveis azeites com pimenta murupi e geleias regionais. Outras opções gastronômicas também estão disponíveis na VII Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto de Ciência Exatas (SECT-ICE), que acontece até o dia 23 de outubro, no Campus Senador Artur Vírgilio, da UFAM, em Manaus.
Foto:Diego Oliveira/Portal Amazônica

As granolas estão disponíveis nos sabores Açaí com Tucumã e Guaraná, Bananas com Macarujá, Frutas com Castanha do Pará. Os pacotes com 300 gramas custam R$14, e podem se encontrados em agrofeiras de Manaus ou através do e-mail: [email protected] e telefone: (92) 98260-5892.


A Semana de Ciência e Tecnologia


Em 2019, o tema da Semana da Ciência e Tecnologia é “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”. O evento faz parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e reúne estudantes do ensino básico e superior, professores e pesquisadores dos cursos de exata. 


Em sua 16ª edição, a SNCT é o maior evento de popularização da ciência do Brasil. Coordenada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, conta com a colaboração de universidades e instituições de pesquisa; escolas; institutos de ensino tecnológico, centros e museus de C&T; entidades científicas; fundações de apoio à pesquisa; parques ambientais, unidades de conservação, jardins botânicos e zoológicos; secretarias estaduais e municipais de C&T e de educação; empresas públicas e privadas; ONGs e outras entidades da sociedade civil. Em 2018, foram quase 95 mil atividades em 1.506 municípios brasileiros, envolvendo mais de 1.500 instituições.

Programação especial comemora os 90 anos da imigração japonesa na Amazônia Ocidental

Em 1929, um grupo de 249 japoneses pioneiros chegou ao município de Maués (a 267 quilômetros de Manaus), no Amazonas, para se dedicar ao plantio de guaraná, numa área de 500 hectares. No momento, a economia da borracha declinava na região e o Estado buscava alternativas à cultura da seringa. Iniciava assim, o processo de de imigração japonesa na Amazônia que atingiu e contribuiu economicamente com outros municípios, como Parintins com o cultivo de juta, Manaus e Iranduba com o agronegócio. Além dos Estados do Acre, Rondônia e Roraima. 

Palcos do Passo a Paço 2019 serão marcados pela diversidade musical; veja as atrações

Com atrações nacionais e internacional, além de shows inéditos de artistas locais, a sexta edição do Passo a Paço, que este ano acontecerá nos dias 5, 6, 7 e 8 de setembro, promete contagiar o público que comparecer ao evento com um leque musical diversificado. Toda a programação acontecerá no centro histórico e integra a programação de 350 anos da cidade de Manaus.

Novo esporte que combina futebol e basquete é apresentado, em Manaus

A combinação do futebol e basquete em um só jogo, com regras que visam o desenvolvimento motor e cognitivo integral, através de uma estrutura lúdica que desafia e promove o desenvolvimento completo dos participantes é o que define o FooBaSKILL™, um novo esporte criado na Suíça, que acaba de chegar ao Amazonas.
Foto:Karlla Roserens/Divulgação

O educador físico Pascal Roserens, é co-criador do jogo, e lembra que o FooBaSKILL™ foi pensado para o desenvolvimento da coordenação motora do participante.


"Além da coordenação motora, que é a chave do jogo, há também a inclusão, que com regras adaptadas produzimos um jogo que dá possibilidade para todas as crianças fazerem pontos, além da criatividade que elas podem usar no jogo, há muita intensidade nessa atividade física, tanto que em 3 minutos as crianças já começam a se sentir cansadas", conta Pascal.
Foto:Karlla Roserens/Divulgação

A escolha do Amazonas para a popularização do esporte se dá em função da simplicidade nas regras. "Para o jogo, tudo o quê você precisa é a bola indicada, que SKILLTheBall, que criamos adaptada para o esporte jogado pelo pé e mão, além de duas traves, que podem ser construídas com cones e cabos de vassoura. E como não há linhas no FooBaSKILL™, os limites podem ser as paredes das próprias quadras, por exemplo", disse.


Mais informações sobre o esporte pode ser encontrada no Facebook e Instagram.


Conheça mais sobre o esporte:


Ifam oferta vagas para cursos técnicos no campus avançado Iranduba, no AM

Nesta quinta-feira (18), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), abre inscrições para cursos técnicos no Campus Avançado Iranduba.


São ofertadas 80 vagas para os cursos técnicos, sendo 40 para Administração e 40 para Informática. Podem concorrer a uma das vagas, o candidato que seja portador do Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente.


Os interessados podem realizar inscrição online até o dia 04 de agosto (https://aguia.ifam.edu.br/concurso.aspx?cod_concurso=3216), ou presencial com prazo final de 31 de julho, na Escola Estadual Cecília Carneiro de Oliveira, situada na Avenida Amazonas, bairro Novo Amanhecer, Iranduba.  As aulas têm início previsto para setembro deste ano.



Festividades juninas animam o fim de semana nos bairros de Manaus

O fim de semana na capital amazonense continuará agitado com os festivais folclóricos nos bairros de Manaus. Os eventos acontecem até este domingo (30), sempre com entrada gratuita, em diversas zonas da cidade, e contam com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).


Tradição entre amigos, o Arraial do J.B – As Cabritas na Roça, que acontece neste sábado (29), a partir das 19h, na comunidade Vila da Prata, Jardim dos Barés, situada na Rua Artur Virgílio, zona Oeste da cidade, chega à sua 7ª edição. Segundo um dos organizadores do evento, Emerson Soares, o nome do arraial surgiu de uma brincadeira entre amigos na época junina.


“Temos uma banda no Carnaval que leva o mesmo nome. Nessa época junina, estávamos querendo reunir os amigos para aproveitar as festividades e decidimos fazer uma quadrilha para brincar. A comunidade gostou e resolveu entrar na brincadeira. Hoje já estamos na sétima edição e é sempre muito divertido”, contou Soares.


Ainda na zona Oeste acontece nos dias 29 e 30/6, 05 a 07/7 e 12 a 14/7, a partir das 19h, o 16° Festival Folclórico do Bairro Compensa II. Música, danças tradicionais e comidas típicas juninas estão na programação do evento.
Foto:Divulgação/Prefeitura de Manaus

Centro-Oeste


Na zona Centro-Oeste, a festança chega à Rua Olinda, Redenção, com a 27ª edição do Festival Folclórico da Redenção, que acontecerá de 29 e 30/6, 05 a 07/7 e 12 a 14/7, a partir das 18h.


Norte


Já zona Norte, a folia junina iniciará em mais dois endereços. Na Rua Tailândia, na primeira etapa do bairro Cidade Nova, acontecerá o Festival Folclórico da Comunidade Mundo Novo, nos dias 29 e 30/6, a partir das 17h.


A festividade junina também começará no Campo de Futebol do Conjunto Manoa, situado na rua Paraíso do Tocantins, no bairro Cidade Nova, com o 24° Festival Folclórico da Cidade Nova, no dias 29 e 30/6, 05 a 07/7 e 12 a 14/7, a partir das 19h, com muita comida regional e festança junina para o público.


Sul


Com a programação recheada de brincadeiras para crianças, danças folclóricas e muita música boa, o 19º Arraial da Ferreira Sobrinho acontece neste fim de semana, nos dias 28, 29 e 30/6, a partir das 18h, na Rua Ferreira Sobrinho, 370, Petrópolis.


Continuação


Enquanto isso, a festança continua em outros pontos da cidade, com festivais que já começaram nos fins de semana anteriores, como o 15º Festival Folclórico do Bairro do Zumbi dos Palmares III; Festival Folclórico do Parque Amazonense; 32° Festival Folclórico da Vila da Prata e o 14º Festival Folclórico do Tancredo Neves.




Exposições ‘Geo+metria’ e ‘Parintins em Cores’ reúnem obras de artistas parintinenses, em Manaus

Manaus ganha, no mês de junho, duas exposições compostas por trabalhos de artistas parintinenses: “Geo+metria”, que provoca experiências estéticas sobre o abstracionismo moderno; e “Parintins em Cores”, que retrata o cotidiano regional do município. Promovidas pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), as mostras serão realizadas no Cultural Palácio da Justiça e na Biblioteca Pública, respectivamente, com acesso gratuito.


'Geo+Metria' ganha remontagem a partir desta terça-feira (18), no Centro Cultural Palácio da Justiça (avenida Eduardo Ribeiro, 901, Centro). A mostra é composta por produções dos alunos do Núcleo de Artes Visuais do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro – Unidade Parintins e tem curadoria do artista plástico Jair Jacqmont. 
Foto:Divulgação

As pinturas e instalações da exibição provocam uma experiência estética intrigante, pois, oferecem uma reflexão sobre o abstracionismo moderno em torno de conceitos propostos por grandes nomes da história da arte, como os russos Wassily Kandinsky e Kazimir Malevitch, o holandês Piet Mondrian, além dos brasileiros Hélio Oiticica e Lygia Clark.


“A proposta é quebrar paradigmas acerca de indagações sobre o saber e fazer artístico local, categorizando os alunos do Liceu – Unidade Parintins como artistas responsáveis por esta revolução, ao mesmo passo que possibilita a construção de conhecimento e interesse pela produção artística deles”, comenta o curador Jair Jacqmont.


“Geo+metria” ficará em cartaz até o mês de setembro no horário de visitação do Palácio da Justiça: de terça a sábado, das 9h às 17h, e domingo, das 9h às 14h.


‘Parintins em Cores’


Já a Biblioteca Pública do Amazonas (rua Barroso, 57, Centro) receberá, a partir do dia 27 de junho, a exposição “Parintins em Cores”, com curadoria de Jandr Reis. A mostra é composta por 29 obras de 14 artistas parintinenses integrantes do coletivo Parintins em Cores e retrata o cotidiano regional do município, assim como de suas origens indígenas e ribeirinhas. 
Foto:Divulgação


Os artistas que integram a mostra usam diferentes técnicas nos trabalhos. Afonso Filho retrata com maestria o cotidiano ribeirinho; Altemar Ribeiro domina a técnica com precisão na predominância da aerografia; Andrew Viana usa a técnica da aerografia e óleo com perfeição ao tratar a temática indígena; Arildo Mendes usa sua técnica surrealista para registrar o cotidiano local; Augusto Tavares utiliza óleo sobre tela para demonstrar a natureza.


Já Emerson Brasil usa o corpo humano para expressar sua arte; Evanil Maciel utiliza a espátula para exprimir o dia a dia de Parintins; Ian Barreto usa óleo sobre tela para evidenciar a vivência do ribeirinho; Josinaldo Mattos utiliza a aerografia e o estêncil em sua arte urbana e demonstra primazia ao registrar cenas urbanas e etnias indígenas.


Malú Moura é artista performática e manifesta o urbano; Miguel Carneiro usa a tinta óleo sobre a tela para expor sua arte; Paulinho Anselmo retrata com precisão em técnica mista a sua arte com temas indígenas; Pito Silva faz uso da aerografia para expor sua produção; e Trindade também usa a tinta óleo para mostrar seu mundo imaginário e lendas amazônicas. 
Foto:Divulgação

De acordo com Jandr Reis, a proposta se baseia em oportunizar a visibilidade do trabalho desenvolvido por esses artistas. “Propor uma exposição coletiva abre possibilidades tanto para o público, no que diz respeito ao conhecimento artístico, quanto para os autores das obras, que terão a chance de apresentar seus trabalhos”, afirma.


“Parintins em Cores” ficará disponível para visitação na Biblioteca Pública do Amazonas de segunda a sexta, das 8h às 17h.