Manaus 30º • Nublado
Quinta, 02 Dezembro 2021

Seis fatos curiosos sobre o Enem 2017 na Amazônia

Seis fatos curiosos sobre o Enem 2017 na Amazônia
O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) aconteceu neste domingo (6). Como é de costume, além do desespero dos candidatos para chegarem aos seus locais de prova, o Enem também foi marcado por notícias, no mínimo, curiosas. Confira:

Água Santa

Em Porto Velho, um vendedor ambulante fez maior sucesso com os candidatos do exame. João Osório, mais conhecido como João do Salgado, resolveu vender 'água da sabedoria', em frente a Escola Carmela Dutra. “Eu estou orando desde ontem pelas pessoas que farão Enem. E quem compra dessa água é abençoado”, revelou o vendedor.
Foto: Hosana Morais/Rede Amazônica

Abraço

A gente sabe que muitas pessoas se atrasam e acabam barradas de fazer a prova. Pensando nisso, um grupo de evangélicos da Aliança Bíblica Universitária (ABU) decidiram abraçar os atrasados do Enem. Os integrantes da ABU se concentraram em uma tenda armada em frente a faculdade particular de Cacoal (RO). “Nosso objetivo é tranquilizar esses candidatos, pois muitos chegam ansiosos, nervosos e transtornados”, contou o estudante João Vitor Freitas, um dos integrantes da ABU. 

Foto: Magda Oliveira/Rede Amazônica
Lucrando
E que tal aproveitar o Enem para fazer uma grana? Em Macapá, no Amapá, as estudantes de engenharia civil Monalisa Martins e Michely Kretschmer, decidiram vender água e refrigerante para ajudar em sua formatura, que deve acontecer daqui dois anos e meio. A dupla colou cartazes em um carro escrito “Ajude a nossa formatura”. “A gente está indo para o sétimo período e resolvemos fazer algumas ações para arrecadar dinheiro e não ficar pesado para ninguém”, explica Michely. 

Foto: Aline Nascimento/Rede Amazônica

Caneta ungida

No momento de responder o Enem todo mundo quer uma ajuda, né? E que tal usar uma caneta ungida para gabaritar o exame? Em Manaus, no Amazonas, a vendedora ambulante Marina Soares chamou a atenção dos candidatos vendendo o produto. “Eu sou uma serva e uma serva tem que que abençoar os candidatos. Para isso que estou aqui. Passei a noite aqui para isso. Já ungi a entrada toda. Quando as provas entraram, eu levantei as mãos e abençoei para que eles façam uma boa prova”, falou a vendedora. 
Foto: Patrick Marques/Rede Amazônica

Atraso nunca mais

Em 2016, o amazonense Paulo Marinho se atrasou para o Enem e não conseguiu fazer a prova. Para não passar pelo mesmo transtorno, o técnico de enfermagem chegou três horas antes no local de prova. De acordo com Marinho, ele trabalhou na madrugada e preferiu não retornar para casa. “Cheguei mais cedo para garantir essa e a oportunidade da outra [prova de domingo]. Estudei bastante. Saí do trabalho e já vim direto para cá, para não ter erro”, explicou. 

Foto: Patrick Marques/Rede Amazônica

As mamães do Enem

Duas mamães foram clicadas enquanto entravam em seus locais de prova no domingo. Em Rio Branco, a dona de casa, Kerolen Dias, conseguiu entrar na escola, mas foi barrada porque não levou um acompanhante para o filho de apenas dois meses. “Perguntaram se eu tinha feito o pedido no dia da inscrição, mas lá não dizia que precisava de um acompanhante. Disseram que eu não podia fazer. Vou tentar no ano que vem”, diz.
Foto: Alines Nascimento/Rede Amazônica
Já em Porto Velho, a adolescente Emanuela de Freitas, 17 anos, conseguiu fazer a prova e contou com a ajuda da mãe para cuidar de sua filha. "Como eu sou lactante, minha mãe vai acompanhar a prova. Quando minha filha quiser, mamar ela vai levar pra mim", afirma.

Foto: Hosana Morais/Rede Amazônica
 
As candidatas lactantes que necessitam amamentar durante a realização das provas precisam solicitar atendimento específico e, obrigatoriamente, levar um acompanhante adulto nos dias de aplicação do exame, que fica em uma sala reservada com a criança.

Com informações de G1 Amazonas, G1 ACRE, G1 RONDÔNIA, G1 RORAIMA e G1 AMAPÁ

Veja mais notícias sobre Cidades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 02 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/