Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 28 Março 2020
--> --> -->

Novos voos partindo de Manaus até cidades do Equador e Perú estão sendo estruturados

Novos voos partindo de Manaus até cidades do Equador e Perú estão sendo estruturados
Equipes do Ministério do Turismo receberam pleitos da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), nessa terça-feira (19), para diversificar a oferta turística de Manaus e região. Uma das medidas previstas para atrair mais visitantes ao Amazonas é a melhoria da conectividade aérea internacional, para integração dos destinos amazônicos mais procurados pelos turistas estrangeiros.

Duas novas rotas aéreas estão sendo estruturadas a partir de Manaus. Uma para a capital do Equador, Quito, via Letícia (Colômbia), e outra para Porto Maldonado (Peru), com escala em Rio Branco, no Acre. Atualmente, os turistas que estão no Peru, Equador e Colômbia e desejam conhecer a Amazônia brasileira se conectam com Manaus via São Paulo ou a partir da capital do Panamá.
 
Foto: Jamile Alves/Arquivo/Rede Amazônica
O secretário nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo do Ministério do Turismo, Aluizer Malab, se reuniu, em Brasília, com a presidente da Amazonastur, Roselene Medeiros, e comitiva da empresa. Na pauta, o debate sobre ações para diversificar a oferta turística, ampliar a promoção e atrair mais turistas ao estado.

Um dos projetos contempla a expansão do Centro de Convenções de Manaus para a realização de grandes eventos. A obra, no valor de R$ 40 milhões, está sendo executada com recursos do Ministério do Turismo e deve ficar pronta ainda este ano.

“Precisamos atuar para que a região ganhe competitividade em serviços e se torne um destino mais atrativo inclusive para o mercado doméstico”, disse o secretário do MTur. Malab estava acompanhado da coordenadora-geral de Qualificação Turística, Neusa Portugal, e do diretor do Departamento de Promoção e Produtos Turísticos, Sérgio Flores.

A presidente da Amazonastur ressaltou que a região também recebe grande fluxo de visitantes que chegam por cruzeiros fluviais. A atual temporada, iniciada em novembro, deverá se encerrar em abril com 18 navios estrangeiros no porto de Manaus. Os navios são oriundos, principalmente, da Europa e Estados Unidos.

Os roteiros de pesca também são atrativos da região de Barcelos, que oferece barcos-hotéis aos amantes da pesca esportiva. Roselene Medeiros solicitou a inclusão dos hotéis flutuantes, como categoria de meio de hospedagem, entre os serviços turísticos de cadastro obrigatório no Cadastur.

“Estamos nos reestruturando e contamos com o apoio do Ministério do Turismo para participarmos de feiras e eventos, dentro e fora do Brasil, onde possamos promover os destinos amazônicos e nos recolocarmos nos mercados domésticos e internacional. Temos potencial e atrativos diferenciados”, disse a titular do Turismo no Amazonas. O estado, que no ano da Copa do Mundo recebeu mais de um milhão de turistas, fechou o ano passado com 600 mil visitantes, voltando ao patamar de 2009.
 

Veja mais notícias sobre Turismo.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Já Registrado? Acesse sua conta
Visitante
Domingo, 29 Março 2020