Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 26 Novembro 2020

Pesquisadores no Amazonas lançam livro Embaúba: Uma árvore e muitas vidas

Pesquisadores no Amazonas lançam livro Embaúba: Uma árvore e muitas vidas
Uma inspiração da pesquisadora do CENBAM/Inpa, em Manaus, Noemia Ishikawa, gerou o livro 'Embaúba: Uma árvore e muitas vidas'. Escrito em em inglês, português e japonês com a colaboração de Takakazu Yumoto da Universidade de Kyoto no Japão e de William Magnusson, também pesquisador no Inpa, a obra trilíngue conta ainda com ilustrações de Hadna Abreu, formada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM). O livro é baseado em uma história verdadeira que se desenrolou na frente do laboratório de Noemia.
Foto:  Patrícia Araújo/PPBio Inpa
A obra introduz as crianças ao mundo da biologia.  Até Alex Atala, chef de cozinha e autor do prefácio do livro, possui um carinho especial pela árvore. Esta história é sobre como uma professora e seus estudantes descobriram, enquanto pesquisavam cogumelos na Amazônia, o importante papel da embaúba na natureza e sua relação com os demais seres vivos.  O lançamento acontece dia 12, na Livraria Leitura no Amazonas Shopping, a partir das 17h.Sobre os autoresNoemia Kazue Ishikawa nasceu em Londrina, Paraná, e mora em Manaus desde 2004. Cursou Biologia da Universidade Estadual de Londrina, optando pelo estudo dos cogumelos por influência de seu avô, que adorava cultivar fungos comestíveis. Possui Ph.D. em Recursos Naturais pela Universidade de Hokkaido, Japão. Atualmente, é pesquisadora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e vice-coordenadora do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Biodiversidade Amazônica (INCT-CENBAM). Além de diversos artigos científicos, publicou em 2014 um livro de crônicas intitulado A porteira azul e outras histórias.Takakazu Yumoto, responsável pela versão japonesa do livro, nasceu e mora no Japão. Devido sua admiração pelas pesquisas do famoso ecólogo Kinji Imanishi decidiu ingressar na Faculdade de Ciências da Universidade de Kyoto, onde se formou em 1982. Atualmente, é professor e vice-coordenador da equipe japonesa do projeto “Museu na Floresta/Field Museum”, parceria do INPA com a Universidade de Kyoto.William E. Magnusson, autor da versão em inglês, nasceu em Sidney, Austrália. Mora em Manaus desde 1979. Fez doutorado na Universidade de Sidney, Austrália, em 1979. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências, pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Biodiversidade Amazônica (INCT-CENBAM).Hadna Abreu, ilustradora, nasceu em Manaus. Estudou Artes Visuais na Universidade Federal do Amazonas e desde 2009 participa de exposições coletivas, com destaque para sua participação na VI Bienal de Jovens Criadores em Salvador – Bahia, em 2013. Expôs na Galeria A Casa do Viajante na capital de São Paulo e na I Mostra de Artes Visuais. Trabalha principalmente com pinturas em aquarela. Este é o quarto livro que ilustra.
Foto: Divulgação

Veja mais notícias sobre Variedades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Novembro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/