Manaus 30º • Nublado
Quarta, 08 Dezembro 2021

PPA prevê R$ 68,8 bilhões no próximos 4 anos para o Maranhão


Foto: Reprodução/Facebook Governo do MaranhãoSÃO LUÍS - O Projeto de Lei nº 235/2015, que trata do Plano Plurianual (PPA) 2016-2019, enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa contendo as metas e prioridades de investimento para o Maranhão foi aprovado por unanimidade entre os presentes na sessão desta quarta-feira (25). O PPA do próximo quadriênio, produzido com participação popular, prevê recursos da ordem de R$ 68,8 bilhões, compreendendo um total de 68 programas e 551 ações.Em mensagem encaminhada à Assembleia, o governador Flávio Dino ressaltou que o Plano Plurianual 2016-2019 foi construído de forma participativa, com a sociedade, em ‘Escutas Territoriais’ realizadas no Estado por regiões, “atendendo às demandas coletivas e aos anseios da população, nos permitindo a adoção de critérios mais racionais nas tomadas de decisões, bem como na definição e hierarquização das prioridades de Governo”.O Projeto de Lei contempla programas que objetivam alavancar importantes setores de desenvolvimento social e econômico, com o fortalecimento da infraestrutura econômica, social e urbana, com foco nos programas voltados para a equalização do acesso à saúde, educação, segurança, trabalho e renda.O processo de reestruturação do Estado traz como prioridades para o próximo quadriênio ações voltadas para a promoção da inclusão, avançando no combate à pobreza e às desigualdades sociais, sobretudo com o principal objetivo de elevar o Índice de Desenvolvimento Humano – IDH no Maranhão.O governador enfatizou que o Plano Plurianual se constitui em um compromisso entre o Governo e a sociedade, inovando conceitos e transformando a gestão pública para atender da melhor forma as demandas sociais e econômicas dos maranhenses. “Não se trata apenas de um documento institucional, mas sim do Programa de Governo para o próximo quadriênio, que permitirá atingir os resultados esperados para um Maranhão com desenvolvimento e justiça social”, realçou Flávio Dino.

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 08 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/