Manaus 30º • Nublado
Sexta, 19 Abril 2024

Quadrilha Garranxê conquista o bicampeonato no grupo especial do Boa Vista Junina 20 anos depois

IMG_307_20230625-232322_1

O protagonismo feminino venceu o Boa Vista Junina 2023. O evento, de maneira geral, mostrou a importância das mulheres na história e de como elas contribuíram e contribuem até hoje na sociedade não só como figurantes, mas em papeis fundamentais.

E foi na temática 'Maria Bonita - A História nunca Contada' que o grupo junino Garranchê venceu o concurso de quadrilhas da 23º edição do evento realizado em Boa Vista (RR).  A música-tema da quadrilha foi 'Vem ver Maria Bonita com a Garranxê, sua história desbravar'.

A quadrilha conquistou, agora, o bicampeonato na competição. A última vez que subiram em primeiro lugar no pódio do grupo especial foi há 20 anos, em 2003. A apuração ocorreu na manhã deste domingo (25), último dia do evento.

Em segundo lugar ficou o grupo Eita Junino, que se apresentou na quinta noite do evento como o tema 'No Picadeiro da vida, a Eita te convida pra dançar' e promoveu um verdadeiro espetáculo circense. Em terceiro, ficou o grupo Amor Caipira, que abriu a apresentação do Grupo Especial no dia 20, com o tema 'Nossa Terra é quente de amor e Fé'.

Com o tema 'Maria Bonita - A História nunca Contada' o grupo junino Garranchê vence o concurso de quadrilhas da 23º edição do Boa Vista Junina. Foto: Isabelle Lima/Portal Amazônia

Além destes, foram anunciados os campeões dos grupos de acesso e emergente. Vale lembrar que as duas piores colocações dos grupos especial e de acesso são rebaixadas no próximo ano e que, as duas melhores do grupo emergentes e de acesso, sobem de grupo. Confira as colocações com pontuações de cada grupo: 

Grupo Especial 


  • 1º - Garranxê (89,8) - vencedora
  • 2º - Eita Junino (89,6)
  • 3º - Amor Caipira (89,6)
  • 4º - Agitação Caipira (89,6)
  • 5º - Coração Caipira (89,5)
  • 6º - Explosão Caipira (89,5)
  • 7º - Sinhá Benta (89,4)
  • 8º- Zé Monteirão (88,9)
  • 9º - Furacão Caipira (88,8)
  • 10º - Xamego na Roça (88,4)
  • 11º - Coração de Estudante (88,3) - caiu para categoria de acesso em 2024
  • 12º - Matuta Encantá (87,7) - caiu para categoria de acesso em 2024

Grupo de acesso  

A campeã do grupo de acesso foi a Escola Forrozão. A quadrilha mostrou na apresentação a importância do valor da preservação da natureza e dos animais, com tema 'Makunaima e a grande Wazacar - A árvore da vida', com a história do grande mito Makunaima, o filho do Sol e da Lua, que protege a vida dos povos da floresta e luta contra a degradação do meio ambiente.  

Sobe junto com ela para o grupo especial o grupo Namoro Caipira com a proposta 'Namoro das Cinzas ao Renascimento''.

Escola Forrozão. Foto: Isabelle Lima/Portal Amazônia

  • 1º - Escola Forrozão (79,1) - vai para o grupo especial em 2024
  • 2º - Namoro Caipira (78,9) – vai para o grupo especial em 2024
  • 3º - Tradição Macuxi (78,5)
  • 4º - Joaninha Caipira (78,4)
  • 5º - Coração Alegre (78,2)
  • 6º- Filhos de Macunaima (78,1)
  • 7º - Espantalho Junino (77,8)
  • 8º - Macedão (77,4)
  • 9º- Estrela Junina(76,9)
  • 10º - Arrasta Pé (76,8)
  • 11º - Luar do Sertão (76,2) – caiu para a categoria emergente em 2024
  • 12º - Sanfona Junina (76,2)- caiu para a categoria emergente em 2024

Grupo Emergente 

Grupo evolução junina. Foto: Isabelle Lima/Portal Amazônia

  • 1º- Evolução Junina (87,5) – subiu para a categoria de acesso em 2024
  • 2º- São Vicente (87,1) - subiu para a categoria de acesso em 2024
  • 3º- Coração do Sertão (86,9)

Veja mais notícias sobre CulturaRoraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 20 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/