Manaus 30º • Nublado
Terça, 06 Dezembro 2022

Embalagens biodegradáveis são produzidas com escama de peixes em Manacapuru

Estudantes-produzem-embalagens-biodegradaveis--manacapuru-Fotos-Cosme-de-Carvalho-Arquivo-pessoal-ca

Com o objetivo de buscar alternativas para reduzir os impactos ambientais causados pelo descarte de produtos à base de petróleo, estudantes da rede estadual de ensino no município de Manacapuru, no Amazonas, desenvolveram embalagens biodegradáveis feitas a partir da escama de peixes. A iniciativa é um dos projetos apoiados pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam).

O projeto foi desenvolvido a partir do Programa Ciência na Escola (PCE), edição 2021, que aprovou 712 propostas. O trabalho contou com coordenação do professor de Biologia, Cosme de Carvalho, e envolveu alunos do 1º e 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Nossa Senhora de Nazaré.

Foto: Cosme de Carvalho/Arquivo pessoal

De julho a dezembro, os estudantes produziram em laboratório protótipos de biocopos e bio-embalagens, testados conforme as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

"Esse projeto proporciona para a comunidade, principalmente as ribeirinhas e pesqueiras, uma nova fonte de renda com sustentabilidade, contribuindo na diminuição dos impactos ambientais. Para os alunos, possibilitou a aplicação dos conhecimentos teóricos na produção de um projeto científico que poderá fortalecer sua vida acadêmica", destacou Cosme de Carvalho, que desde 2019 desenvolve projetos com escamas e vísceras de peixes da região.

Foto: Cosme de Carvalho/Arquivo pessoal

Para criar os produtos, os alunos fizeram um levantamento bibliográfico de artigos científicos e manuais técnicos referentes à pesquisa. Após a leitura, foram coletados 4 quilos de escamas nas feiras populares de Manacapuru. Os resíduos animais passaram por um processo para a retirada da hidroxiapatita e das fibras algodonosas, e, em seguida, foram preparados para as prototipagens.

"Isso fortaleceu o compromisso da equipe em realizar a pesquisa através de um trabalho de relevância científica na utilização de resíduos do peixe. A Fapeam ajuda muito nas pesquisas no âmbito escolar e vem ajudando muito na nossa escola", destacou o professor. 

Veja mais notícias sobre SustentabilidadeMeio AmbienteAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 06 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/