Manaus 30º • Nublado
Sexta, 30 Setembro 2022

"Base do inferno": conheça a Base Naval de Val de Cães, em Belém

Roteiro-AmazC3B4nico-Val-de-Cans-jC3A1-foi-a-base-do-infern_20220915-190830_1

Desde a colonização portuguesa na Amazônia e no Brasil, estruturas de poder e segurança são bem militarizadas - de caráter militar - o que fez com que desde muito tempo atrás surgissem histórias e boatos sobre como as forças militares tratavam civis e militares que desrespeitassem as normas estabelecidas.

Uma destas histórias seria de que a Base Naval de Val de Cães, localizada em Belém do Pará, na Amazônia brasileira, era conhecida como "base do inferno" por punir e castigar membros da Força Aérea. 

Foto: Reprodução/Instituto Durango Duarte

O que é uma base naval?

Uma base naval consiste em uma versão militar de um porto marítimo. Destinada a abrigar, abastecer e reparar os navios de uma marinha de guerra, bem como garantir condições para o descanso das suas tripulações. 

Val-de-cans ou Val-de-cães 

O nome de Val-de-Cães se origina de uma antiga fazenda que existia na cidade, pertencente a uma ordem religiosa. Os religiosos mantinham ali canis, o que teria dado o nome ao local: 'Vale de Cães' e, posteriormente, 'Val-de-Cans'.

Era localizado na boca sul da foz do Rio Amazonas, a principal via de transporte da região, onde foram construídas algumas oficinas e depósitos em 1729, destinadas a prestar reparos nas canoas de guerra e armazenar munições e demais "petrechos" de guerra.

Já no ano de 1761 foi criado o Arsenal de Marinha do Pará, com maiores atribuições, incluindo a construção naval. Posteriormente, o Arsenal entrou em decadência, limitando-se à manutenção das pequenas embarcações lotadas na região. 

"Base do inferno"

De acordo com dados do Instituto Durango Duarte (IDD), a base era conhecida como "base do inferno":  

"Primeiramente, quando a Aeronáutica queria castigar alguém da Força Aérea Brasileira, transferia para Belém do Pará, sede da 1ª Zona Aérea (atualmente 1º COMAR – Primeiro Comando Aéreo Regional). Até que um dia, nos idos de 1949, o coronel Jocelin Barreto Brasil Lima, assumiu o comando da Base de Val-de-Cans e a transformou radicalmente. Reformou o então cassino, construiu piscinas, botou o cinema funcionando, promoveu festas, proporcionou aos oficiais casados um ambiente de conforto."

relata a página do Instituto.

Nova base

 A moderna Base Naval de Val-de-Cães surgiu em 25 de Julho de 1949, a partir do reconhecimento da necessidade da Marinha do Brasil possuir bases de apoio adequadas em toda costa brasileira.

Com o aumento da presença militar brasileira na Amazônia, a base ganhou maior relevância, fornecendo reparos e produzindo lanchas inclusive para o 9º Distrito Naval.

 Curiosidade

O termo "Val de Cans" também nomeia o aeroporto internacional de Belém, o mais movimentado em termos de passageiros transportados na Região Norte e o 14º no ranking de aeroportos do país. O termo também nomeia o bairro onde fica localizado o aeroporto.


Veja mais notícias sobre Pará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 30 Setembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/