Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

Como inovar no seu nicho

Uma pergunta clássica que todo empreendedor que deseja mudanças, faz pra si mesmo, porém não possui respostas concretas. Poderíamos citar inúmeros motivos, mas vamos nos ater ao fato de que, a maioria dos empresários estão imersos em seu negócio a ponto de não conseguir analisar friamente sua empresa.

Antes de tudo, precisamos compreender o que é inovação, e tenho certeza que cada pessoa responde de acordo com sua vivência, sua expertise. Tudo bem ter diversos significados, o que não interfere no seu real objetivo, que é o sinônimo de mudanças, seja de forma disruptiva ou incremental, onde esses dois modos norteiam e balizam as inovações.

Foto: Reprodução

Inovação disruptiva

Baseia-se no significado do nome, onde a quebra de padrões e de cultura é a base primordial dessa forma de inovação, começar algo novo, sem referências, sem molde, sem predefinição. A princípio parece assustador, investir em algo fora do que já é validado, sem validação parece que o mundo está caindo, você não tem referências se está indo bem, se as pessoas gostarão; Mas com tantas incertezas a disrupção é a mais rentável pois não existe concorrência, logo, um oceano azul para explorar. (falamos sobre Oceano Azul neste artigo aqui - Encontre o Oceano Azul)

Exemplos de inovação disruptiva: Netflix

Com o avanço da tecnologia, a Netflix permitiu usuários a terem uma locadora completa atualizada a poucos cliques e com um preço fixo. Sem mais filas de esperas da Fita VHS voltar pra você alugar, sem mais deslocamento até o ponto fixo para alugar uma fita, sem mais perder 1h procurando algo interessante só pela capa, sem mais custos por cada aluguel da fita. Você paga um valor fixo e tem a seu dispor, com trailer, teaser, previu, categorias bem separadas, quantos filmes e séries que conseguir ver 24h por dia.

Inovação incremental

O nome já diz exatamente como funciona, incrementar algo já existente, tomando como base assim os riscos diminuem, os investimentos e aumenta a aceitação por parte das pessoas. Não entenda como uma dicotomia, a inovação disruptiva pode ter ampla aceitação, depende de vários fatores como culturais, financeiros, demográficos etc.

Exemplo de inovação incremental: Celulares

Frequentemente são lançadas melhorias em celulares que já existem, tomo como base a Apple e seu principal produto, o iPhone. Lançam o modelo iPhone 4, logo depois 4S, 4S PLUS e assim por diante. Geralmente são melhorias pontuais, ampliação da tela, melhoria na bateria, melhoria no som, correção de bugs etc.

O importante é estar analisando o mercado, mesmo que seu nicho não seja um dos citados, temos que concordar que já podemos imaginar melhorias mesmo que sejam pequenas né? Imagine um vendedor de licores artesanais, por que não fazer uma parceria com os agentes de viagens para vender pacotes de turismo com licores incluído, eu diria até mais, deixava no quarto do hotel onde estivesse hospedado.

Outro caso então, padaria de bairro que vende também bolos, tortas e afins. Quem sabe não fechar uma mensalidade pra pessoa tomar café todos os dias lá? Aqui já falamos de recorrência, subimos mais um nível no empreendedorismo.

Barbeiro ou cabeleireiro? Ok, recorrência também é aplicável, onde o cliente paga 1 ano e corta o cabelo quantas vezes quiser, já pensou nisso?

Entende que não é difícil, adaptamos um serviço de recorrência de pagamento a um nicho que não usa, talvez por uma questão cultural, mas talvez por desconhecimento.

O céu é o limite para a inovação, e breve será ultrapassado graças ao Elon Musk e seu propósito de colonizar Marte, entende como até no nicho aeroespacial é possível inovar? O que não pode é ficar parado, pois corra que o mercado não espera.

Sobre o autor

Aldo Melo é mercadólogo, Pós-graduado em Metodologia do Ensino Superior, MBA Executivo em Administração e Negócios, Especialista em Neuromarketing e Fundador da Agência Conectar - Comunicação e Marketing.

*O conteúdo é de responsabilidade do colunista


Veja mais notícias sobre O mercado não espera!.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/