Manaus 30º • Nublado
Quinta, 23 Setembro 2021

Hospital do Pará amplia uso de açaí na alimentação como recurso terapêutico

Aos 52 anos, Maria do Socorro Rocha ainda tem dificuldades para lembrar qual o maior período que havia ficado sem tomar açaí. Mas a última semana, segundo ela, certamente estava nessa lista. Assim como muitos paraenses, o hábito de tomar açaí era diário para ela, que precisou ser suspenso depois de uma cirurgia no coração feita no Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (HC), em Belém.

Enquanto ainda se recupera do procedimento cirúrgico, Maria do Socorro foi surpreendida com uma sobremesa especial após o almoço. "Eu fiquei muito feliz. Estava sentindo falta, e não esperava poder voltar a tomar açaí antes de voltar para casa", contou a paciente.


Maria do Socorro Rocha não escondeu a alegria em poder saborear o açaí, um dos seus frutos preferidos. Foto: Divulgação

 Referência em cardiologia, nefrologia e psiquiatria no Pará, o Hospital de Clínicas vem experimentando a oferta de açaí aos pacientes com o objetivo de favorecer a adesão ao tratamento, a partir do resgate de memórias afetivas despertadas pelo alimento, o que influencia também em outros resultados positivos, além do ganho nutricional.

A experiência mais recente havia sido feita com crianças na Clínica Pediátrica. Desta vez, os beneficiados foram pacientes em tratamento nas unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adulta e coronoriana. Assim como na primeira vez, a oferta do açaí foi feita de acordo com uma avaliação multiprofissional de cada paciente e do estágio do tratamento.


Foto: Divulgação

 Recurso no tratamento

"Alguns pacientes estão conosco há mais de uma semana, e o nosso objetivo é que eles possam retornar o quanto antes à rotina de alimentação normal, de forma segura e dentro das condições de cada um. Usamos o açaí como recurso para que eles possam entender a alimentação como parte do tratamento, evitando o retorno ao uso de dispositivos auxiliares, como sondas, para isso", explicou a fonoaudióloga Karina Sayumi.

Responsável pelo setor de Nutrição no HC, Lorena Cunha detalhou os diferentes benefícios do uso do açaí no tratamento dos pacientes e os projetos futuros de ampliar a oferta do alimento, de acordo com as restrições de cada paciente. "Além de garantir uma alimentação regionalizada, com memórias afetivas que proporcionam prazer e satisfação, do ponto de vista nutricional é um alimento rico em fibras, cálcio, vitaminas e proteínas vegetais, com alto poder antioxidante, e auxilia no fortalecimento do sistema imunológico. Por isso, estamos com o objetivo de continuar ampliando essa oferta do açaí como sobremesa, sempre de acordo com as restrições de cada paciente", acrescentou a nutricionista.

Veja mais notícias sobre SaúdePará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 23 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/