Manaus 30º • Nublado
Terça, 16 Agosto 2022

Natureza cor de rosa: veja fotos dos ipês que enfeitam ruas de Boa Vista

As ruas de Boa Vista estão cor de rosa e o motivo é o florescer de ipês espalhados pela cidade. Os primeiros meses do ano em Roraima são os mais propícios para que estas árvores plantadas nas ruas e calçadas floresçam e transformem a tonalidade da capital, encantando moradores que aproveitam para tirar fotos.

Os ipês são, em grande parte, do tipo que dão flores na cor rosa, mas também podem ser encontrados nas versões em branco, amarelo e roxo. Este ano, o início do mês de março foi a época escolhida pela natureza para a florada em tons de rosa.

Considerada uma planta famosa por florescer no inverno, o ipê-rosa de Boa Vista não é uma arvore natural de Roraima. As que existem no Estado foram trazidas de outras regiões do país, conforme explica o doutor em ciências biológicas especialista em botânica pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Ricardo de Oliveira Perdiz.

"Os ipês são encontrados em todos os biomas de nosso país, em diversas formações vegetais distintas. Essa espécie não ocorre naturalmente em nosso Estado. Sua ocorrência natural é nos Estados do Pará ao Paraná, em todos os Estados do Centro-Oeste e também em Rondônia e Acre",

explica.

 Veja alguns registros do florescer dos ipês no início de março: 

O ipê é considerado uma planta fácil de cultivar. O jeito mais fácil de propagá-las é por meio de suas sementes. Basta buscá-las no chão ao redor das árvores que já possuem frutos. "O desenvolvimento da muda pode variar, mas uma planta pode chegar a três metros e meio depois de dois anos", explica o botânico.

Além do valor estético, os ipês também têm importância medicinal. O chá de ipê-rosa é recomendado para tratamento de gripe e várias outras doenças. Uma árvore dessa pode durar até 150 anos.

E são as próprias árvores que escolhem o tempo ideal para florir. Mas, em meio a tanta flor rosa pela cidade, o doutor em botânica deixa a dica: o período de floração dos ipês dura pouco: de quatro à cinco dias apenas. Então, para tirar belas fotografias com as flores é bom aproveitar a chance.

*Por Caíque Rodrigues

Veja mais notícias sobre Roraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 16 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/