Manaus 30º • Nublado
Segunda, 30 Janeiro 2023

Bonita, a sucuri "atriz" que conquistou os brasileiros na novela Pantanal

OSMAR-PRADO-E-A-SUCURI-FOTO-INSTAGRAM-OSMARPRADOATOR

A cobra é um animal que encanta e espanta ao mesmo tempo. A sucuri, então, nem se fala. Em torno desta espécie circulam centenas de histórias, seja sobre supostos ataques ou até mesmo boas ações. E foi entre essas duas linhas que uma sucuri acabou conquistando muitos brasileiros ao "atuar" no remake da novela Pantanal, da Rede Globo.

Trata-se de 'Bonita', que saiu de Benevides, no Pará, para ser uma das figuras mais marcantes do folhetim global. Ela é uma das 300 cobras que vivem no Centro Amazônico de Herpetologia, em Benevides, e acabou sendo a escolhida para compartilhar a tela como a mítica figura em que se transforma o "Velho do Rio", interpretado pelo ator Osmar Prado, no set de filmagem em Mato Grosso.

Com 10 anos, quatro metros de comprimento e 40 quilos, o animal é a maior cobra manejável da espécie no Brasil. Na novela, a cobra aparecia em diversos momentos cruciais para o decorrer da trama, assim como a onça, animal em que Maria Marruá (Juliana Paes) e Juma Marruá (Alanis Guillen) se transformavam em situações de perigo.

O centro de herpetologia, inaugurado em 2010, abriga 40 espécies de cobras, além de tartarugas e jacarés. Muitos deles foram resgatados do tráfico de animais.

Nos últimos capítulos de Pantanal, na primeira semana de outubro, Tenório (Murilo Benício) morreu pelas mãos de Alcides (Juliano Cazarré). Mas, na sequência, o peão teve a ajuda da sucuri para completar a sua vingança contra o fazendeiro. O aparecimento da cobra era um dos momentos mais aguardados do desfecho dos personagens. 


Veja mais notícias sobre Pará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 30 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/