Museu Goeldi abre chamada para novos projetos de iniciação científica

Estão abertas as inscrições para seleção de candidatos ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq), do Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG). Para participar, os interessados devem submeter suas propostas até o dia 8 de março. Serão ofertadas 15 vagas, com bolsas no valor de 400 reais, de vigência entre março e julho de 2019. Os resultados serão divulgados a partir do dia 13 de março.

As bolsas são ofertadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e têm o intuito de despertar vocações científicas, incentivar talentos potenciais e possibilitar o domínio do método científico, assim como desenvolver o pensar e a criatividade dos universitários para a pesquisa. Dessa forma, o programa alcança seu objetivo, contribuindo de forma eficiente para o ingresso dos bolsistas na pós-graduação.

Foto: Reprodução/Shutterstock

Requisitos

Para se inscrever, os interessados devem estar devidamente matriculados em algum curso de graduação, não ter mais de duas reprovações no histórico escolar e não possuir vínculo empregatício. Além disso, os candidatos precisam submeter projeto de pesquisa associado a algum projeto institucional do MPEG, com intenção de publicação em periódicos.

Também devem ter disponibilidade de 20 horas semanais para atender o projeto, conforme exigência da coordenação a qual estará vinculada a bolsa; participar do seminário anual de iniciação científica; e apresentar um relatório parcial, contendo as atividades desenvolvidas no período. Mais informações podem ser conferidas no edital.

Documentação

Entre os documentos necessários para a inscrição, constam o formulário do candidato preenchido, o comprovante de matrícula no curso de graduação (com o semestre que cursa) e o histórico escolar atualizado. Também serão necessários o número do CPF e o link para o currículo lattes do graduando, que deve estar atualizado.

Toda a documentação deve estar em formato PDF e precisa ser enviada pelo orientador – juntamente com o subprojeto do aluno contendo título, palavras-chave, introdução, justificativa, objetivos, metodologia, cronograma de execução e referências – para o e-mail pibic@museu-goeldi.br.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Borboleta amazônica híbrida: pesquisa comprova nova espécie

As análises genéticas e ecológicas indicam que os primeiros cruzamentos entre as duas espécies de borboletas que originaram a nova ocorreram há cerca de 180 mil anos.

Leia também

Publicidade