Manaus 30º • Nublado
Quarta, 29 Junho 2022

Portal Amazônia responde: o que é taxidermia?

taxidermia-2

Você certamente já deve ter se deparado com animais empalhados. Seja em museus, locais de pesquisa ou até mesmo por meio de filmes ou séries. A taxidermia é justamente isso: a arte de montar ou empalhar animais para estudos científicos ou exibições.

São utilizadas diversas técnicas de preservação, buscando atingir o maior grau de fidelidade possível. Na Universidade Federal do Tocantins, o Museu de Morfologia é quem se dedica a essa atividade.

"Nós montamos as peças para servir de modelo didático, mas também como educação ambiental", comenta a professora Tainá de Abreu, docente de Anatomia do curso de Nutrição da UFT.

Durante o processo, os estudantes têm a oportunidade de aprender mais sobre anatomia, hábitos, comportamentos e até mesmo as expressões faciais dos animais, bem como compreender melhor questões ecológicas e proteção animal.

Foto: Reprodução/Instagram-morfologiauft

Histórias trágicas

Os animais que chegam ao Museu de Morfologia são por meio de um convênio estabelecido com o Naturatins, órgão ambiental do Estado do Tocantins. Os corpos desses animais revelam certo histórico de violências pelas quais passaram em vida.

''A maioria dos nossos animais são vítimas de tráfico ou foram atropelados. A maioria das aves que eu já preparei no laboratório estavam com asas fraturadas ou cortadas. São animais com um histórico de vida bem triste, eles sempre têm uma história muito trágica'', 

conta Tainá de Abreu.

Há divergência também entre as versões oficiais das mortes e aquilo que é descoberto após o trabalho de taxidermia. ''Recebemos uma jaguatirica como atropelada, mas ao examiná-la descobrimos algumas surpresas. Encontramos fraturas na pata e na pelve, além de chumbinho'', relata a docente. 

Outro caso parecido foi o de uma anta adulta que também chegou como atropelamento e, posteriormente, foram identificadas lesões na mandíbula e sinais de bala. 


Veja mais notícias sobre AmazôniaTocantins.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/