Manaus 30º • Nublado
Quarta, 29 Junho 2022

Pará é o Estado com maior número de municípios que mais emitem gases do efeito estufa no Brasil


Dos 11 municípios que mais emitem gases do efeito estufa, causadores do aquecimento global, no Brasil, oito estão na Amazônia. Altamira, São Félix do Xingu, Pacajá, Novo Progresso e Novo Repartimento são os municípios paraenses que aparecem da lista, representando metade do top 10.

Os dados são do Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG) relativos à 2019 e foram divulgados no dia 13 de junho. Apesar de menos populosa em comparação à outras regiões do País, a Região Norte representa 60% do carbono liberado pelo Brasil.

Os outros municípios amazônicos que figuram na lista são Porto Velho (RO), Colniza (MT), Lábrea e Apuí (AM). Os únicos fora da região são Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Altamira, no Pará. Foto: Cristino Martins/Agência Pará

Líder do ranking

Todas as cidades da Amazônia estão no topo da lista pelo mesmo motivo: desmatamento. Entre as 35,2 milhões toneladas de CO2e (unidade de medida que reúne todos gases, do carbônico ao metano) emitidas por Altamira, por exemplo, 33,4 milhões estavam relacionadas com o desmatamento.

A cidade paraense tem uma população estimada em 117 mil habitantes de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2021. Ou seja, a cidade paraense é quase 100 vezes menos populosa do que São Paulo, mas contabiliza o dobro das emissões, uma vez que a capital paulista emitiu 16,6 milhões.

Segundo a SEEG, Altamira foi a líder em desmatamento da Amazônia em 2019, com 575 km² de floresta perdidos, além de vice-líder em queimadas, com 3,8 mil focos de calor detectados, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

A emissão de carbono na floresta ocorre quando qualquer árvore morre, seja por decomposição ou por queima. É por conta disso, segundo a SEEG, que os municípios amazônicos apresentam dados elevados de emissões: apesar de um número menor de habitantes, há as consequências do desmatamento.


Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/