Manaus 30º • Nublado
Terça, 28 Junho 2022

Conheça as estratégias para produção de energia limpa na Amazônia propostas pela Plataforma 'Amazônia Que Eu Quero'

energia-solar-foto-pixabay

A 'Energia Limpa' foi o foco do segundo fórum da plataforma 'Amazônia Que Eu Quero', em fevereiro deste ano, que gerou dez propostas para o uso sustentável de energia na Amazônia. As propostas foram divulgadas pela Fundação Rede Amazônica (FRAM) nesta quarta-feira (16).

O evento faz parte de uma série de cinco fóruns previstos para este ano, que discutem os 'Caminhos da Democracia'. Especialistas discutem o tema e nesta rodada participaram representantes do Pará, Acre, Roraima e Rondônia.

Leia tambémPlataforma 'Amazônia Que Eu Quero' realiza reunião com Comitê de Energias Limpas

A partir desta discussão, dez soluções foram propostas. Conheça:

Foto: Reprodução/FRAM
1. Programa de responsabilidade social de acesso a energia e geração de renda (para garantir a universalização da energia elétrica em comunidades isoladas);
2. Programa de incentivo de implementação de empreendimentos de micro e pequeno, médio e grande porte com visão da Energia Limpa;
3. Programa de educação - eficientização energética para o uso racional de energia para empresas e pessoas físicas;
4. Programa de capacitação na área de energia renovável para formação de mão de obra especializada e pesquisa;
5. Programa de difusão tecnológica para fontes apropriadas para os locais / - PDI e novas tecnologias - pesquisas de levantamento de potencial;
6. Programa de incentivos fiscais para empreendimentos de energia PF e PJ - matriz energética, matriz elétrica e impacto ambiental;
7. Programa de incentivo à Produção Nacional de equipamentos para a geração de eletricidade;
8. Estratégias para a Geração de Energia Elétrica a partir do uso do Gás Natural (GN);
9. Estratégias para aproveitamento dos Resíduos Sólidos e destinação para produção em energia;

10. Estratégias para a descarbonização. 

Esta etapa do projeto busca repensar o uso de fontes de energia e incentivar fontes renováveis como solar, biomassa, eólica etc. Assim, as soluções indicadas se juntarão às propostas das outras câmaras temáticas do projeto em um caderno que será entregue em setembro de 2022 aos parlamentares. Este documento terá 50 propostas, resultantes dos cinco fóruns, para os temas de Infraestrutura, Acesso à Saúde, Energia Limpa, Empreendedorismo e Inovação, e Florestas. 

O documento foi elaborado pelo Comitê Energia Limpa do Amazônia Que Eu Quero, formado pelos professores Raimundo Cláudio Gomes (Universidade do Estado do Amazonas); Alaan Ubaiara Brito (Universidade Federal do Amapá); Artur de Souza Moret (Universidade Federal de Rondônia); Marcelo Raiol (Universidade do Estado do Pará); Francisco Eulálio Santos (Universidade Federal do Acre); e Maria Conceição Escobar (SEINF Roraima).

A plataforma 'Amazônia Que Eu Quero' é desenvolvida nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima.

Sobre a Fundação Rede Amazônica

A Fundação Rede Amazônica, braço institucional do Grupo Rede Amazônica, atua há 36 anos com os objetivos de capacitar pessoas, articular parcerias, desenvolver projetos e programas, contribuindo com a proteção e desenvolvimento da Amazônia.

Siga a 'Amazônia Que Eu Quero' nas redes sociais:

Instagram

Podcast Echos da Amazônia

Youtube Fundação Rede Amazônica

Veja mais notícias sobre Amazônia que eu quero.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/