Flor de jambo é destaque por possuir propriedades medicinais

Essas Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs) possuem vitaminas A, B1 e B2, além de ferro, fósforo e cálcio e propriedades medicinais hepatoprotetoras que protegem partes do corpo humano.

A cor rosada e aroma peculiar são as características marcantes da flor de jambu, suas flores possuem a capacidade de transmitir a sensação de conforto, beneficiando o paisagismo urbano. Facilmente encontrada em quintais, canteiros e praças, as flores que caem do jambeiro possuem inúmeros benefícios.

O jambo que tem como nome científico Syzygium malaccense, recebeu esse nome por ser uma espécie nativa de países da Oceania como Polinésia, Malásia e Arquipélago de Malaca, locais onde o Jambo originalmente foi descrito. O jambo também pertence à família Myrtaceae, mesma das frutas Jabuticaba, Pitanga e Camu-camu. Diversos fatores contribuem para a floração das árvores, os principais são o clima, estado nutricional e hormonal.

A pigmentação das flores é feita através dos seus antioxidantes, pigmentos vegetais de antocianinas. Pensando em entender melhor sobre o Jambeiro, o Portal Amazônia conversou com o biólogo, Valdely Kinupp, especialista em PANCs.

Foto: Valéria Forner/ TG

O jambeiro cresce até 20 metros de altura, tendo a capacidade de produzir aproximadamente 85 quilos de frutos. Seu fruto é rico em Vitaminas A, B1 e B2, além de ferro, fósforo e cálcio. As flores de jambo são as únicas que podem ser congeladas para fins alimentícios. Os filetes dos estames que são os órgãos masculinos da flor permitem a formação dos ‘tapetes rosas’ que encontramos caídos no chão. A flor do jambo é considerada pétala, que em conjunto formam a corola. Por não ser cultivado comercialmente, o jambeiro entra na categoria das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANCs).

“As flores do jambeiro entram na categoria de Hortaliças Não Convencionais (HNC), e aqui em Manaus é uma região muito propícia durante o ano todo, por exemplo no Sítio PANC ele tem florescido de três a quatro vezes por ano. Ele pode florescer até quatro vezes por ano em Manaus. Então, é uma hortaliça florífera promissora, sendo uma espécie arbórea, árvore de grande porte que tem flores alimentícias promissoras”, esclareceu Kinupp.

Através do tratamento correto, as flores de jambo podem ser apreciadas para fins alimentícios. Com sua acidez característica, a flor pode ser incorporada como chá, trazendo a experiência de ‘confort food’, ou seja, a sensação de conforto que beneficia o corpo.

“Especialmente as flores masculinas (estames), podem ser limpas e higienizadas usadas de forma fresca ou congelada. Sendo antioxidantes, as folhas do jambo têm propriedades medicinais hepatoprotetoras que protegem partes do corpo humano, como o fígado e também auxilia no anti-diabetes. As folhas que caem das árvores deveriam ser usadas como adubação verde, como cobertura morta e não ir para os lixões, aterros sanitários, oficiais ou clandestinos. Elas deveriam ficar na própria base da árvore, no entorno da copa, ou compostagem in loco, no próprio local. Panc atrai vida, comida atrai vida e vida atrai vida”, acrescentou o biólogo. 

Foto: Valéria Forner/ TG

O jambo é um fruto que possui diversas variedades, dentre elas existe uma espécie que não possui caroço ou semente. Sendo assim, incapaz de produzir o hormônio tiroxina, responsável pelo crescimento do fruto. Porém, por não ter sementes, esse jambo possui o potencial para doce em calda, para compotas, drinks e saladas.

“É uma espécie essencial para agroecologia, considerando que a agrofloresta gera uma grande quantidade de biomassa, que produz nas condições edafoclimáticas, ou seja, de solo e clima da região amazônica, mas ainda é muito subutilizada. Ele é um fruto que tem potencial para ser congelado, assim como se congelam o morango e frutas vermelhas que vêm de outros lugares”, explicou o especialista.

Em Manaus, o jambeiro e suas flores podem ser encontrados em diferentes bairros, dentre eles Cachoeirinha, Vieiralves e Nossa Senhora das Graças.

“O único restaurante que serve suco e drinques com jambo é o restaurante Caxiri, que também serve as flores em saladas e decoração de sobremesa. Periodicamente fornecemos as flores frescas ou congeladas. A grande vantagem do jambeiro é você cultivá-lo como hortaliça, ele sai da categoria de frutífera e entra na categoria de hortaliça, uma vez que as folhas e flores jovens também são alimentícias e medicinais”, finalizou Valdely. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

A realidade da Reserva Legal na Amazônia e o Projeto de Lei 3334/2023

As Reservas Legais, juntamente com as APPs, desempenham um papel essencial nesse contexto, protegendo a vegetação nativa e garantindo acesso aos benefícios proporcionados pelos ecossistemas.

Leia também

Publicidade