Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 30 Mai 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

Sobe para 311 o número de casos confirmados de covid-19 no Amazonas; outros 1.034 continuam em investigação

teste_coronavirus

​Sobe para 311 o número de pessoas infectadas pelo covid-19 em todo o Amazonas. Um aumento de 51 novos casos nas últimas 24 horas. As informações foram divulgadas na tarde deste sábado (4), em coletiva de imprensa realizada pela internet com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) e o governador do Amazonas, Wilson Lima.

Teste para o novo coronavírus. (Foto:Divulgação/Agência Brasil)


Dos 311 casos, 211 estão em isolamento domiciliar. O número de internados somam 46 pacientes, 21 deles em leitos clínicos e 25 estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 17 na rede privada e 8 no Hospital Delphina Aziz. Até o momento, 1.034 casos continuam em investigação.

Para óbitos, foram 25 notificações, as mortes confirmadas chegam a 12 para o covid-19, entre pessoas de 40 a 89 anos de idade. Das outras 13 notificações, 8 óbitos foram descartados e os 5 restantes estão em investigação.

Entre os pacientes que estão fora do período de transmissão do vírus e conseguiram alta para a doença, estão 42 pacientes que já não apresentam os sintomas, mas segundo a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Pinto, "aão se pode afirmar que estão curados".


Os casos de Covid-19 no interior do Amazonas
Atualizado as 15h30 de sábado (4), pela FVS-AM.

Cidades ​Casos confirmados ​Óbitos
​Parintins ​3 ​1
​Manacapuru​10​2
​Itacoatiara​4​-
​Santo Antônio do Içá​4​-
​Anori​1​-
​Boca do Acre​1​-
​Novo Airão​1​-
​Tonantins ​3​-

Contêiner frigorífico para necrotério
Contêiner que servirá de necrotério do Hospital Delphina Aziz. (Foto:Michel Castro/Rede Amazônica)

Na manhã deste sábado (4), o governo do Amazonas também confirmou a instalação de um contêiner frigorífico, que vai ser utilizado para armazenamento dos corpos de mortos por coronavírus no estado. Dado o aumento no número de casos e o risco de colapso na rede de saúde do Estado, a medida segue os padrões de segurança já definidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para manuseio de corpos de pessoas que faleceram por Covid-19.

Ainda segundo a nota, os corpos devem ser acondicionados em compartimento refrigerado, mas por segurança biológica e limitação de espaço, ficou definido que não ficarão no necrotério comum. Por isso, desde o início dessa semana a secretaria providenciou, junto com o Hospital Delphina Aziz, a instalação de containers frigoríficos.

Veja mais notícias sobre SaúdeAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 30 Mai 2020
No Internet Connection