Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 26 Fevereiro 2021

Com 685 casos confirmados de covid-19, Pará transformará em UTIs os 420 leitos do Hospital de Campanha de Belém

up_ag_19072_11b1afc1-8bea-59cb-f3f5-3b268fb3390b

Neste domingo (19), o governador do Pará, Helder Barbalho entrega 20 novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para a rede pública de saúde com respiradores e toda a estrutura necessária para atender pacientes diagnosticados com Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Ao longo da semana, mais 17 serão implantados. Todos estes leitos serão instalados no Hospital de Campanha do Hangar – Centro de Convenções, em Belém. Inicialmente, o Pará contava com 104 UTI's exclusivas para o tratamento de pacientes com coronavírus. As medidas foram definidas em videoconferência.

Ao longo desta última semana, 45 novos leitos de UTI foram instalados no Hospital Abelardo Santos, em Icoaraci. Com os 37 que estão sendo implantados no Hangar, serão 186 leitos para atender à população.

Novos leitos de UTI instalados no Hospital de Campanha do Hangar Centro de Convenções, em Belém. (Foto:Divulgação/Agência Pará)

Além disso, equipamentos médicos comprados da China já saíram da capital do país, Pequim, para Xangai e o destino será Belém. São 400 respiradores, 400 monitores multiparamétricos e 1.600 bombas de infusão. A previsão é que cheguem na capital paraense entre os dias 26 e 27 abril. Com isso, o Estado transforma em UTIs todos os 420 leitos atuais do Hospital de Campanha, em Belém.

"Com a chegada dos equipamentos, vamos preparar a infraestrutura do Hangar para implementar um grande número de leitos de UTI. Esta medida permitirá a ampliação do uso do Hospital de Campanha e lhe dar funcionalidade para atendimento de pacientes graves. O paciente está saindo muito grave do sistema de saúde municipal, por isso, nós estamos equipando os leitos do Hangar. Originalmente, o perfil do Hospital era de baixa complexidade, mas agora está tornando-se de alta complexidade" - governador Helder Barbalho.

Respiradores comprados pelo Governo chegaram neste final de semana ao Pará. (Foto:Divulgação/Agência Pará)

Além dos leitos de UTI, a partir desta segunda-feira (20), haverá um chamamento para exames de tomografia, que identifica a situação dos pulmões e auxilia no diagnóstico para Covid-19. "Nós vamos disponibilizar exames de tomografia no Hospital Metropolitano e também na Policlínica. Para o Hangar, vamos enviar tomógrafo móvel. A ideia é ampliar o serviço e colocar tomógrafos em diferentes bairros para fazer exames com o encaminhamento necessário para tratamento. A previsão para esses tomógrafos é de 15 dias", disse o governador.


A partir de segunda (20), o Pará também publicará um chamamento para contratação de hotéis para profissionais de saúde, que por algum motivo não possam voltar para casa após o expediente e fiquem mais seguros e tranquilos em quartos de hotel sem expor familiares do grupo de risco em casa.

O Governo também está estimulando e estabelecendo protocolo para uso da azitromicina com prescrição médica. Outra medida determinada pelo governador Helder Barbalho é a disponibilidade de 9 ambulâncias exclusivamente para a logística de transporte de pacientes diagnosticados com a Covid-19.


Boletim de coronavírus no Pará

A Secretaria de Saúde do Pará (Sespa) informou que há 685 casos confirmados de Covid-19 no Pará, 1.549 casos descartados, 328 casos em análise e 34 óbitos. A atualização de casos ocorreu às 13h deste domingo (19).

Veja mais notícias sobre SaúdePará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 26 Fevereiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/