Manaus 30º • Nublado
Quarta, 17 Agosto 2022

Paraense' de coração, capitão do Paysandu está fora do Re-Pa por lesão

Paraense' de coração, capitão do Paysandu está fora do Re-Pa por lesão
Augusto Recife é o jogador mais experiente do elenco do Paysandu. Com título brasileiro no currículo, ele já está na quarta temporada pelo time bicolor. Quase o suficiente para ser 'Augusto Belém', tamanha a identificação do jogador com a torcida e a cidade. É bem verdade que 2017 não começou tão bem para o volante. Augusto se lesionou na primeira partida oficial do ano e está fora do clássico contra o Remo, neste domingo (12).Uma das vozes de liderança do grupo, Augusto se sente um paraense de coração. "Já estou totalmente adaptado. As chuvas que caem todos os dias, o calor. Sou um paraense já de coração". Na culinária, ele ainda prefere não se arriscar em uma das principais iguarias locais, a maniçoba. "Ainda não tive coragem de provar. Espero que nesse ano eu consiga (risos)".Augusto sabe bem que, em semana de clássico, Belém simplesmente respira Re-Pa. Mas desta vez, o capitão não estará em campo. "Infelizmente no primeiro jogo [contra o Castanhal] eu tive uma lesão que vai me deixar no DM. Os fisioterapeutas creem que em 30 dias eu já estarei apto a jogar normalmente".


"É um campeonato à parte. Acho que é o segundo clássico que não jogo nesses quatro anos. A cidade para, todo mundo só fala no jogo e a ansiedade bate na gente. Já joguei vários clássicos, mas aqui parece que é diferente. É um povo muito apaixonado, aqui você respira futebol 24 horas", contou.Após uma campanha mediana na Série B do ano passado, o Paysandu está com um elenco reformulado para 2017. O treinador também é novo: Marcelo Chamusca. "O Paysandu deixou uma base boa do ano passado pra cá. Perdemos jogadores importantes, mas a diretoria se mexeu bem. É uma nova comissão. Tenho certeza que vai ser um ano vitorioso para o Paysandu". 
Pelo Papão, Augusto Recife já ganhou os títulos da Copa Verde e do Campeonato Paraense, ambos no ano passado. Ao final da entrevista, ele manda um abraço para todos os torcedores do Paysandu no Amazonas. E não são poucos. Aliás, o Paysandu pode jogar na cidade muito em breve. Caso o Nacional passe pelo Galvez na fase preliminar da Copa Verde, o time amazonense será o primeiro adversário do Papão na luta pelo bicampeonato.

Veja mais notícias sobre Esportes.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 17 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/