Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 11 Agosto 2020

Pará: criança de 4 anos tem sonho realizado por Corpo de Bombeiros

up_ag_18324_fa4d7914-28cd-a453-9fb8-cbb210c0828_20200310-183742_1

Fabrício dos Santos tem 34 anos e é considerado um verdadeiro herói para o Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBM). Nesta terça-feira (10), ele recebeu uma homenagem no Comando Geral da corporação, em Belém, em honra ao seu ato de coragem. Em 2015, durante um incêndio no bairro da Terra Firme, em Belém, ele salvou três crianças que estavam em uma casa em chamas, antes da chegada dos bombeiros. Só que Fabrício inalou muita fumaça e teve uma parada cardíaca. Ele ficou dois meses em coma, depois mais oito meses internado e, após complicações, ficou tetraplégico e perdeu a fala.

A mãe, Maria do Socorro, é a fiel escudeira de Fabrício e tem todos os cuidados necessários para manter a sua reabilitação. "Meu filho sempre gostou de ajudar e hoje, mesmo sem andar, sem falar, tenho certeza que ele está sentindo as pessoas aqui. Fabrício é um herói da vida", disse emocionada, ao lembrar do ato do filho.

Para o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Hayman Apolo, a corporação se sensibiliza e tem o prazer de prestar homenagens e conhecer histórias de pessoas que, de alguma forma, fazem parte do trabalho diário dos bombeiros.

"Presenciar isso na nossa carreira, me deixa muito emocionado. São heróis anônimos. Pra nós é muito gratificante ouvir essas histórias e poder homenagear" - coronel Hayman Apolo, comandante geral do Corpo de Bombeiros.

Além de Fabrício dos Santos, outro personagem principal visitou o comando geral. Leon Assayag, de apenas 4 anos, é portador de uma doença rara, conhecida popularmente como 'ossos de vidro'. Em uma visita dos bombeiros em sua escola, despertou o sonho e curiosidade de saber como é a vida de um militar. Leon, acompanhado dos pais, também visitou a corporação com direito a uniforme completo, capacete e até vivenciou como é andar em um caminhão de combate a incêndio.

"Leon é uma criança especial em todos os sentidos. Ele tem uma doença que causa fratura óssea e mesmo assim ele não perde o ânimo. Ele ficou muito feliz com a visita do Corpo de Bombeiros. É o sonho dele ser um bombeiro" - Jorge Assayag, pai de Leon.

Não é a primeira vez que o Comando do Corpo de Bombeiros faz uma ação como esta. Todas as pessoas que tem histórias de superação e que fazem parte do dia a dia dos bombeiros são recebidas e homenageadas. Um gesto de amor e gratidão da equipe que tem o compromisso de trabalhar todos os dias salvando vidas em todo o Pará. 

Veja mais notícias sobre NotíciasCidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 11 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection