Manaus 30º • Nublado
Domingo, 21 Abril 2024

'Jabuticaba', o jabuti, volta ao Parque Mangal das Garças após tratamento

up_ag_51815_a33f7107-ca05-d817-a7a5-cf11b533aed2

Devido a mudança de clima e início do período chuvoso, em dezembro de 2023, Jabuticaba, um dos jabutis do Parque Zoobotânico Mangal das Garças, em Belém (PA), contraiu uma gripe que acabou resultando em uma infecção respiratória. O animal foi diagnosticado, pela equipe técnica do complexo, com pneumonia.

Jabuticaba é um macho com estimados 20 anos que chegou ao Mangal em meados de 2021. O animal foi entregue pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) junto com outros cinco jabutis. 

Dentre eles, quatro eram jabutis-tinga e um jabuti-piranga. Jabuticaba é um jabuti-piranga e a principal diferença entre as duas espécies é a coloração das escamas das suas patas.

Enquanto os jabutis-tinga possuem as patas com coloração amarelada, os jabutis-piranga possuem elas mais avermelhadas. Todos eles passaram por um período de quarentena antes de serem inseridos no ambiente do complexo.

Foto: Divulgação

A equipe técnica do Mangal notou que Jabuticaba estava enfermo, pois observaram que ele estava sem se alimentar e também emitindo um som diferente.

"Ele estava fazendo um som agudo e estava bem letárgico, quieto. Com esses sintomas iniciamos uma avaliação, fazendo raio X. Depois do diagnóstico, trouxemos ele para o ambulatório para a internação",

comenta Camilo González, veterinário do Mangal das Garças.
Foto: Divulgação

A partir dos exames, os tratamentos foram iniciados com medicações e antibióticos que eram injetados a cada três dias. Ele também recebia suplementos e nebulização diariamente. Durante o processo de tratamento foram sendo feitos diversos raios X para e acompanhar a evolução do paciente.  

"Como ele é um réptil, geralmente tudo é mais devagar, então o tratamento durou cerca de dois meses, até conseguirmos realizar toda a aplicação dos antibióticos. No decorrer dos cuidados ele ficou em uma temperatura controlada o tempo inteiro, porque a temperatura é essencial para ganhar imunidade",

afirma Camillo.
Foto: Divulgação

Atualmente Jabuticaba já está de volta no seu recinto, mas ainda com acompanhamento e observação dos veterinários e da equipe técnica. O Parque funciona de terça a domingo das 8h às 18h. 

Saiba mais: Ecoturismo: cinco lugares de Belém para se conectar à natureza

Veja mais notícias sobre Meio AmbientePará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 21 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/