Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 13 Abril 2021

Ibama e PF apreendem balsa com 300 m³ de madeira ilegal no Amazonas

Ibama e PF apreendem balsa com 300 m³ de madeira ilegal no Amazonas
Operação de combate ao comércio ilegal de madeira realizada pelo Ibama em conjunto com a Polícia Federal no Rio Amazonas, no Amazonas, resultou na apreensão de 300 metros cúbicos de madeira serrada. Avaliada em R$ 2 milhões, a carga equivale a cerca de 60 caminhões toreiros carregados. O valor da multa será definido após perícia.
Foto:Divulgação/Ibama
A madeira era transportada em uma balsa, que foi abordada pelos agentes ambientais no entorno do município de Manaus. Parte da mercadoria não estava acompanhada pelo Documento de Origem Florestal (DOF).

A embarcação também transportava 22 metros cúbicos de carvão sem documentação e dois tracajás que seriam consumidos pela tripulação. Os donos da balsa foram presos por receptação de madeira ilegal. Também foram aplicadas multas de R$ 5 mil por animal, em razão de a espécie estar ameaçada de extinção.

O monitoramento do Rio Amazonas é parte da Operação Arquimedes, que investiga irregularidades em 444 contêineres carregados de madeira nos portos de Manaus. “Após o início da operação, a fiscalização no Rio Amazonas foi reforçada. Há informações de que infratores estão evitando os portos da região”, diz o chefe da Divisão Técnico-Ambiental do Ibama em Manaus, Hugo Loss.

De acordo com a investigação, a balsa abordada seguia para um terminal privado onde a madeira ficaria depositada até o fim da operação. No local, agentes do Ibama encontraram mais madeira estocada.

Os envolvidos são acusados de crimes previstos na Lei 9.605/1998 (Lei de Crimes Ambientais), além do crime de receptação. Os responsáveis pela compra e venda da madeira serão identificados e punidos.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 13 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/