Manaus 30º • Nublado
Quinta, 22 Fevereiro 2024

Calor extremo: Manaus deve ficar entre cidades mais quentes do mundo em 2050, aponta estudo

Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Não é segredo para ninguém que o amazonense sofre com o forte calor típico da região amazônica. Entretanto, segundo um estudo publicado pelo jornal The Washington Post e pela ONG CarboPlan, em 2050, Manaus deverá ficar entre as cidades mais quentes do mundo.

De acordo com a pesquisa, o calor será longo na capital amazonense. Em 2050, os manauaras devem se preparar para 258 dias de puro calor - quase oito meses do ano. 

Leia também: Portal Amazônia responde: por que está ficando tão quente?

Mas não somente a capital amazonense deve ter atenção: Belém, no Pará, segundo o estudo, chegará a 222 dias de calor extremo, um aumento de seis meses de calor e o mais drástico entre todas as cidades com mais de 500 mil habitantes no mundo.

E por falar no mundo, a cidade mais quente, segundo o estudo, continuará sendo Pekambaru, na Indonésia, com 344 dias de calor extremo, além de Dubai (Emirados Árabes Unidos), que terá 189 dias de calor extremo, e Kolkata (Índia), que terá 188.

Veja mais notícias sobre Meio AmbienteAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 22 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/