Manaus 30º • Nublado
Terça, 31 Janeiro 2023

Poderes de super-heróis são associados ao ensino de química em escola no Amazonas

Os poderes dos super-heróis ilustram as aulas de química do Centro de Educação de Tempo Integral José de Araújo, escola da rede estadual de educação localizada no município de Codajás (distante 240 quilômetros de Manaus, no Amazonas). O projeto ensina conceitos químicos como intangibilidade, teletransporte e magnetismo, a partir da associação com os poderes de personagens dos X-Men. 

De acordo com o coordenador do estudo, o professor de química Bernardo Jeová, os alunos do 1º ano do Ensino Médio, que participam do projeto, estão produzindo suas próprias Histórias em Quadrinhos (HQs), que unem super-heróis conhecidos do público com os temas explicados nas aulas de química.

"O projeto busca apresentar conceitos químicos de forma diferente para os estudantes, aliando os superpoderes dos personagens de HQs à conteúdos presentes na matriz curricular da disciplina de Química. Entre os resultados, temos a valorização cultural, visto que uma das obrigatoriedades é utilizar o contexto regional como pano de fundo para criar as histórias dos seus super-heróis", destacou.

Foto: Bernardo Jeová/Acervo pessoal

Entre os personagens utilizados no projeto estão a Lince Negra, mutante que, nos quadrinhos, possui o poder de intangibilidade (atravessar objetos sólidos). A partir disso, foi possível ensinar conceitos de matéria, partículas, forças de atração e repulsão para os alunos.

Outro personagem usado como ferramenta de ensino é o Noturno, conhecido pela capacidade de teletransporte. Com isso, foi explicado aos estudantes sobre o paradoxo do teletransporte, que aborda também questões filosóficas.

Foto: Bernardo Jeová/Acervo pessoal

Como surgiu a ideia

Fã de super-heróis, o professor conta que a ideia de elaborar o projeto surgiu com a constatação de que os poderes desses personagens possuem estreita relação com conceitos químicos aprendidos em sala de aula, além do fato desse tema também despertar o interesse dos alunos que acompanham o universo ficcional de super-heróis. A partir disso, o pesquisador promoveu a união de duas áreas de interesse para dar andamento ao processo ensino-aprendizagem

Ainda de acordo com o coordenador, o projeto, que conta com a participação de 27 estudantes, é uma referência benéfica e positiva aos professores que buscam dinamizar suas aulas e despertar o interesse e a criatividades dos estudantes.

O projeto batizado de 'Química em Quadrinhos: utilizando Super-Heróis para abordar conceitos de Química' iniciou em julho de 2022 e foi finalizado em novembro. A ação é apoiada pelo Governo do Amazonas por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), via Programa Ciência na Escola (PCE), edital Nº 004/2022.

Veja mais notícias sobre EducaçãoAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 31 Janeiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/