Manaus 30º • Nublado
Quarta, 21 Fevereiro 2024

Nova edição do livro 'Insetos do Brasil' amplia conhecimento sobre fauna de insetos brasileiros

Uma das obras de entomologia mais esperadas ganhou uma revisão e agora amplia o conhecimento sobre a fauna de insetos brasileiros. Trata-se da segunda edição de 'Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia', que está disponível na versão online e de forma gratuita. A obra foi produzida pela Editora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e será lançada no 35º Congresso Brasileiro de Zoologia, que acontecerá de 26 a 28 de fevereiro, em Porto de Galinhas (PE).

A primeira edição do livro foi publicada em 2012. A nova edição foi revisada e ampliada, reunindo informações gerais sobre morfologia, biologia, classificações, relações filogenéticas, importância agrícola, médica, veterinária, além de métodos de coletas e chaves de identificação referentes às 28 ordens e 679 famílias de insetos com registros para o Brasil.

Banner: Tito Fernandes/Editora Inpa

A obra foi organizada por cinco editores, os mesmos da primeira edição: José Albertino Rafael (Inpa), Gabriel Augusto Rodrigues Melo (UFPR), Claudio José Barros de Carvalho (UFPR), Sônia Casari (USP) e Reginaldo Constantino (UnB). A obra de 880 páginas é composta pelo trabalho conjunto de 97 autores, todos especialistas com atuação em diversas instituições do Brasil e do exterior.

"Esta edição atualiza as informações, classificações, números de espécies para a fauna brasileira, dentre outras", conta José Albertino Rafael, entomólogo com mais de 40 anos de atuação na Amazônia .

No livro, os editores destacam que muitas espécies de insetos ainda são desconhecidas pela ciência e podem desaparecer sem nunca serem catalogadas pelos taxonomistas. Antes que esta fauna desapareça é preciso de uma base sólida para a formação de especialistas para que se possa conhecer o máximo possível da riqueza que ela representa, onde as espécies habitam e como interagem na natureza. 

"Os insetos são fundamentais para o equilíbrio ambiental e a sobrevivência das demais espécies, dentre elas, a humana", 

enfatizam.
Foto J.A. Rafael/INPA

No Brasil está a maior riqueza de espécies de insetos do mundo, atualmente com cerca de 91 mil espécies conhecidas, 73% de um total de cerca de 125 mil espécies de animais registradas para o país. Os insetos têm grande impacto sobre todas as atividades humanas, especialmente na produção de alimentos, com a polinização, na saúde pública, os transmissores de agentes causadores de doenças, e até contribuindo com investigações policiais, ajudando na resolução de crimes por meio do conhecimento da biologia dos insetos necrófagos, e na ciclagem de nutrientes eles exercem um importante papel na manutenção do equilíbrio ambiental e da vida.

Os editores salientam que um dos principais desafios para conhecer a nossa biodiversidade e seu potencial é investir na formação sólida de cientistas especializados em taxonomia. Segundo eles, o déficit atual agrava a avaliação da perda de biodiversidade causada pelas alterações ambientais.

Foto J.A. Rafael/INPA

"A publicação de livros especializados que fundamentem o conhecimento sobre essa diversidade é essencial e para isso lançamos mais uma opção com a segunda edição do livro 'Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia'", dizem os pesquisadores.

O livro pode ser baixado gratuitamente no Repositório do Inpa e em breve estará disponível na versão impressa. A ideia é atingir um público mais amplo e estimular a formação de novos entomologistas brasileiros. 


Veja mais notícias sobre NotíciasEducaçãoMeio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 21 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/