Manaus 30º • Nublado
Quinta, 22 Fevereiro 2024

HQs promovem a popularização da ciência sobre o guaraná e a castanha

Fapeam_-HQs_-Divulgacao_20231123-154623_1

As histórias em quadrinho (HQs) são formas criativas de difundir o conhecimento. O gibi 'IAN: Festa do Guaraná de Maués', em Maués, é uma dessas criações e integra o projeto 'IAN: conhecendo as festas do guaraná e da castanha, entre cultura e tecnologia', da pesquisadora Cleusa Suzana Oliveira de Araujo, doutora em Biologia de Água Doce e Pesca Interior e professora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

Foto: Divulgação/Fapeam

As histórias contam sobre as viagens do personagem principal, Ian, pelos rios da Amazônia e, durante esse percurso, conhece a festa do guaraná (Paullinia cupana Kunth), em Maués e da castanha (Bertholletia excelsa), em Tefé, municípios no AmazonasIan explora os valores culturais e aprende sobre as tecnologias envolvidas para que os produtos cheguem a tantos lugares do mundo.

A proposta divulga o guaraná de forma acessível, compactada e estruturada, além de permitir aos professores e alunos um material paradidático, lúdico, com riqueza de informações e bilíngue. E ainda estimula os jovens a buscar carreiras científicas.

A HQ foi elaborada não só por uma equipe multidisciplinar de profissionais e alunos da UEA, mas também por professores da Secretaria de Estado de Educação e Desporto Escolar, com experiência na produção de material didático, além de contar o Centro Educacional de Tecnologia e Robótica do município de Maués e com a Secti de Tefé. 

Organização 

A atividade tem o objetivo de divulgar cientificamente sobre o cultivo, as lendas e as tecnologias de produção do guaraná e da castanha, por meio do material didático das HQs.

O lançamento acontece com a parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), UEA, Prefeitura de Maués e o Centro de Robótica, representando a Secretaria Municipal de Educação (Semed), de Maués, e, em Tefé, conta também com o apoio da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

Uma outra edição está prevista para ser lançada ainda neste ano, chamada "IAN: Festa da castanha em Tefé", na cidade . Essa HQ conta com a parceria da Prefeitura de Tefé.

O público-alvo são estudantes surdos e ouvintes do Ensino Fundamental II e Médio, além da população em geral. A História em Quadrinho (HQ) ganha novas perspectivas tecnológicas e linguísticas, dentro de uma linguagem multimodal, com uso da Língua Brasileira de Sinais (Libras), língua inglesa e QR-code.

Segundo a coordenadora do projeto, a expectativa é de que a ação tenha uma boa aceitação do público juvenil e infanto-juvenil.

"Devido a temática ser sobre o desenvolvimento sustentável e a cadeia produtiva de cada um destes municípios, esperamos que também que chame a atenção dos adultos e dos professores, com a possibilidade de ser utilizado como paradidático",

disse Cleusa Suzana.
Foto: Divulgação/Fapeam

Veja mais notícias sobre EducaçãoAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 22 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/