Manaus 30º • Nublado
Domingo, 17 Outubro 2021

Desafio Jungle Runners reúne cerca de mil atletas em Manacapuru

Desafio Jungle Runners reúne cerca de mil atletas em Manacapuru
O complexo de Lazer Paraíso D'Angelo, em Manacapuru (AM), transformou-se em um verdadeiro percurso de adrenalina neste domingo (29). O espaço recebeu a quinta edição do Desafio Jungle Runners, que abriu a temporada de corrida de obstáculos no Amazonas. Por causa das constantes chuvas, o trajeto ganhou uma dificuldade extra, uma vez que os atletas precisaram enfrentar igarapés, pistas com muita lama e descidas inclinadas. Ao todo, mil atletas disputaram em quatro categorias.

O percurso do Jungle Runners é no estilo Cross Country com distância de 7 km (corrida pedestre), sendo duas voltas no percurso de mountain bike, em terreno irregular e com obstáculos naturais. A largada das bikes aconteceu às 7h, e dos pedestres às 7h30. Após o término da corrida, os atletas puderam aproveitar toda a beleza natural de Manacapuru.
Foto: Reprodução/Amazon Sat 
Para um dos organizadores do Jungle Runners, Allan D'Ângelo, o evento consegue se superar a cada edição. “Todos os anos mudamos a estrutura, gostamos de agradar aos atletas que participam do desafio. E cada vez mais conseguimos expandir as fronteiras além do Norte e chamamos a atenção dos outros Estados. Por causa do trabalhamo que desenvolvemos aqui, a Jungle Runners se torna referência pelo país”, avalia.

D'Ângelo ficou perto da linha de chegada e cumprimentou os atletas que passavam pelo local. “Gosto de estar com o público, afinal a corrida é feita para eles. Quando vejo a expressão de alegria no rosto dos atletas sinto que o trabalho vale a pena. Em 2018, queremos fazer um evento ainda maior para agregar mais coisas positivas ao Jungle Runners”, revelou o organizador.

Bicampeão

As dificuldades não impediram de o atleta, Juarez Silva, de conseguir o bicampeonato no Jungle Runners. Ele acreditou no seu potencial e mais uma vez se destacou na categoria Pedestre Masculino. No percurso até a vitória, Silva lembra de caiu pelo menos quatro vezes. “Cada curva é uma surpresa e um tombo. Sempre parabenizo a equipe responsável pela competição, pois, é difícil encontrar um percurso que exige tanto dos atletas. Agora é treinar para conseguir o tricampeonato em 2018”, contou. 
Foto: Reprodução/Amazon Sat
Superação

Após ter filho, a atleta Ciranilde Mendes deu um tempo na corrida, mas já garantiu o primeiro lugar ao retornar para as competições. Ela contou que treinou com toda garra, principalmente para calar as pessoas negativas. “Quis mostrar o que eu sou capaz, apesar de muitas pessoas criticarem meu peso, provei que isso não atrapalha. Agora quero me dedicar ainda mais aos próximas competições”, disse.

Da casa

E quem disse que a cidade de Manacapuru não teve seu representante no pódio da Jungle Runners? O atleta Railson Ferreira conseguiu o primeiro lugar na categoria Mountain Bike e dedicou a vitória ao povo de sua cidade. "É uma conquista de todos nós. Ano passado eu poderia ter ganhado, mas a bicicleta quebrou no trajeto e precisei desistir. Fiquei bastante emocionado por causa dessa vitória, porque prova que desistir nunca é uma opção", falou.

Diva da bike

Já categoria Mountain Bike feminino, uma diva conseguiu se destacar. A ciclista Lucélia Amorim, da equipe Divas que Pedalam, desbancou as concorrentes e conseguiu a tão sonhada medalha de ouro. "É a primeira vez que participo de uma trilha deste nível, então posso dizer que fiquei surpresa com o resultado. Acho que as pessoas deveriam vivenciar uma experiência dessas, então convido você que está em casa, saia do sofá, mude sua rotina e comece a praticar exercícios", aconselhou.

Veja mais notícias sobre Esportes.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 18 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/