Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 02 Junho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

Amazonas cria fluxo exclusivo para transferência de casos de Covid-19 do interior para Manaus

UTI-area-exclusiva-para-transporte-de-casos-de-coronavrus-do-interior-para-Manaus-Foto-Susam-1-1

O Governo do Amazonas tem usado diferentes meios de transportes para garantir tanto o abastecimento de insumos para o interior quanto a transferência de pacientes para Manaus com suspeita ou com diagnóstico confirmado de Covid-19.

A medida envolve transporte aéreo, rodoviário e fluvial. (Foto:Divulgação/Governo do Amazonas)


Segundo o secretário executivo adjunto de Atenção Especializada ao Interior da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), Cássio Espírito Santo, foi criado um fluxo específico para o transporte de suspeitos e de pacientes graves de Covid-19 do interior para capital. A medida envolve transporte aéreo, rodoviário e fluvial.

"Montamos um serviço de UTI aérea exclusivo para pacientes suspeitos ou confirmados. Nos municípios polos, vamos instalar leitos de UCI (Unidade de Cuidados Intermediários), com monitores, respiradores, para dar apoio. Nos municípios de Itacoatiara e Manacapuru, como o acesso é terrestre, vamos colocar ambulância exclusiva para a remoção desses pacientes. Colocaremos mais uma ambulância e uma ambulancha no Porto da Ceasa, em Manaus, e vamos montar um serviço de remoção exclusivo de pacientes do interior em ambulâncias totalmente adequadas", explicou Cássio.

Casos no interior

O secretário participou, nesta sexta-feira (27), da coletiva online para atualização dos casos do novo coronavírus no Estado, juntamente com a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto. As informações foram divulgadas em live transmitida pelas redes sociais do Governo do Amazonas. O Estado tem agora 81 casos de Covid-19, 6 deles do interior – Manacapuru (2), Parintins (2), Santo Antônio do Içá (1) e Boca do Acre (1).

Na coletiva, Cássio disse que as prefeituras do interior também estão aderindo ao aplicativo desenvolvido pelo Estado em parceria com a iniciativa privada para monitorar o quadro clínico de pessoas que chegam aos municípios. A ferramenta começou a ser utilizada em Manaus na quinta-feira (26).

O aplicativo permite que profissionais da FVS-AM monitorem o quadro clínico das pessoas, possibilitando a identificação de casos suspeitos de Covid-19. Por meio de decreto, o Governo do Amazonas determinou que toda pessoa que desembarque no aeroporto internacional Eduardo Gomes, em Manaus, se submeta a uma quarentena de duas semanas, com o monitoramento virtual por meio do celular.

"Nos municípios, hoje, quando as pessoas chegam nos portos ou nos aeroportos, são orientadas a baixar o aplicativo para que a gente tenha esse controle", disse Cássio.

Kits de coletas para o interior


Durante a coletiva, Rosemary Pinto informou também que o Governo do Amazonas está distribuindo para todos os 61 municípios kits para coleta de amostras de pacientes suspeitos.

A medida garante que os municípios investiguem os casos suspeitos da doença em tempo oportuno, para que a assistência médica seja imediata. Até esta sexta-feira, 40% dos municípios já tinham resgatados os insumos na sede da FVS-AM. "É muito importante isso, levando em conta que precisamos colocar os suspeitos no isolamento social durante 14 dias, com as medidas de controle adequadas, e principalmente levar em conta aqueles que têm potencial de agravamento", disse a diretora-presidente da FVS-AM.

Veja mais notícias sobre CidadesAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 02 Junho 2020
No Internet Connection