Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 11 Mai 2021

Hemopa incentiva doação de sangue em alusão aos 405 anos de Belém; sabia como participar

Na semana comemorativa ao aniversário de 405 anos da cidade de Belém, comemorado nesta terça-feira, 12, a Fundação Hemopa convida antigos e novos doadores para celebrar a data com gesto solidário da doação de sangue, de hoje até o dia 15. A capital paraense faz aniversário, mas quem ganha o presente é o paciente que precisa de transfusão para sobreviver ou melhorar a qualidade de vida.

A comemoração alusiva à data, a sede do Hemocentro Coodenador, em Belém, já tem calendário de campanhas externas e interna, em parceria com instituições parceiras, como o Hospital da Aeronáutica que conta com um grupo de 650 militares inscritos para participar da ação estratégica que iniciou no dia 8, seguindo nos dias 11, 12, 13 e 15, de 8h às 17h. Entre os dias 8 e 11, foram registrados 157 comparecimentos e 124 doações de sangue. A ação externa acontece na Unidade Móvel e sala com estrutura montada, na Av. Almirante Barroso, 3492, com a Av. Júlio César.

Foto: Ascom / Hemopa

Entre os voluntários da campanha está o jovem conscrito Isaac da Silva, que sonha em fazer parte das Forças Armadas. "Entrar para Aeronáutica é um sonho meu e da minha família. Aproveitei a oportunidade e fiz minha primeira doação de sangue e foi ótimo. O atendimento foi tranquilo, não dói nada, foi gratificante. O coração ficou mais leve e vou estimular o ato entre a família e amigos", destacou o novo doador.

Douglas da Silva Rodrigues também está participando da seleção da Aeronáutica e também doou sangue. "A doação de sangue é importante para salvar vidas. É seguro. Foi minha primeira vez. Assisti a palestra e tive uma visão muito ampla sobre a importância desse processo para salvar vidas. Me sinto bem em saber que posso mudar a vida de alguém. Estou disposto a repetir este ato".

Seguindo calendário de campanhas, hoje, a Fundação Hemopa está com o ParáPaz, de 8h às 14h, com a coleta na Unidade Móvel e sala com estrutura montada na Av. Pedro Miranda, S/N- Pedreira na Aldeia Cabana.

Quem aproveitou a oportunidade para ir em busca de documentação e doou sangue pela primeira vez, foi o jovem Wallace Luan da Cruz Guimarães , 18 anos, estudante de nível médio. "Soube dessa campanha e vim em busca de tirar segunda 2ª via de documentos e acabei doando sangue. Foi a minha primeira doação e achei ótimo".

Da mesma forma, a cuidadora de idosos Suelene Peixoto Pinheiro, 34, também foi uma das beneficiadas pela campanha do ParáPaz. Ela foi renovar sua RG e, logo em seguida, doou sangue pela primeira vez. "Sempre tive vontade de ajudar outras pessoas com minha doação e, finalmente, consegui realizar esse meu sonho, hoje. Vou fazer isso outras vezes".

A campanha encerrou com a participação de 53 voluntários que resultou em 39 coletas de sangue. Foi registrado também 14 cadastros de doadores de medula óssea. 

Foto: Ascom / Hemopa

De acordo com a titular da Gerência de Captação de Doadores (Gecad), a assistente social Juciara Farias, as parcerias são fundamentais para a manutenção do estoque de sangue do Hemocentro. "Agradecemos a cada parceria firmada em favor da vida e da saúde pública do Pará".

Essas e outras estratégias são fundamentais para manter estoque de sangue regular, especialmente neste momento de pandemia que impõem restrições e mudanças de comportamento para promoção da saúde de todos. Apesar dos desafios diários registrados ano passado, foram registrados cerca de 60 mil comparecimentos de voluntários nas unidades de coleta em Belém, que resultou em mais de 47 mil doações que beneficiaram mais de 180 mil pacientes internados na rede hospitalar pública e privada.

Onde doar sangue em Belém - O voluntariado da doação de sangue pode efetuar a coleta no Hemocentro Coordenador, na Batista Campos; na Unidade de Coleta da Estação Cidadania, no Shopping Pátio Belém, na Tv. Padre Eutíquio; e na Unidade Castanheira, no Pórtico Metrópole do Castanheira.

Foto: Ascom / Hemopa

Critérios para ser um doador de sangue:


• Ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar com o responsável);

• Pesar acima de 50 kg;

• Estar em boa condição de saúde;

• Apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto (RG, CNH, Passaporte ou Carteira de Trabalho).

Neste período de pandemia, também foram incluídos critérios para quem teve Covid-19. É necessário esperar 30 dias após a cura para doar. E quem teve contato com pessoas que tiveram Covid-19, deve esperar 14 dias após o último contato.

Mais informações: 0800 280 8118 / 3110-6500.

Veja mais notícias sobre CidadaniaAgendaNotíciasSaúdePará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 11 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/