Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 16 Janeiro 2021

De forma escalonada, 7ª recarga do vale-alimentação escolar é liberada para estudantes da rede estadual

A partir desta segunda-feira (11), a 7ª recarga do vale-alimentação escolar começa a ser liberada, de forma escalonada, para os 576 mil alunos da rede estadual de ensino, em todas as regiões do Pará. Neste primeiro dia, o benefício está disponível para mais de 212 mil estudantes da Região de Integração do Guajará, que compreende os municípios de Ananindeua, Belém, Benevides, Marituba e Santa Bárbara do Pará.

Criado em abril de 2020, o auxílio de R$ 80,00, por estudante da rede pública estadual, é um benefício visa a assegurar a merenda escolar mesmo com a suspensão das atividades escolares presenciais, em 18 de março de 2020, como uma das medidas de combate e prevenção à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A partir desta 7ª recarga, a distribuição do benefício aos estudantes. 

Até o momento, cada aluno já recebeu o total de R$ 560,00 - somando todas as sete vezes que o auxílio foi distribuído. Somente nesta nova recarga, foram investidos 46 milhões de reais que, somados às outras seis vezes que o benefício já foi disponibilizado, totalizam um investimento de 312 milhões de reais, com recursos oriundos do Tesouro Estadual.

Em alguns supermercados e estabelecimentos comerciais credenciados a receber o vale-alimentação escolar, na capital paraense, a movimentação de pais e alunos era intensa desde a manhã deste primeiro dia de liberação do auxílio. Dentre os principais produtos adquiridos pelos beneficiários, estão os gêneros alimentícios, de higiene e limpeza, além de produtos de uso pessoal.

Aluna da 1ª série do Ensino Médio na Escola Estadual Presidente Costa e Silva, no bairro do Souza, em Belém, Liliane Leal, afirmou que o benefício a ajuda. "Coisas que eu preciso, sejam elas pessoais e também na alimentação para minha casa. Acredito que o vale-alimentação tenha que continuar, pois está ajudando não só a mim, como muitas outras pessoas", disse a estudante.

Na companhia do pai e dos irmãos menores, o estudante Kauê Patrick compra alimentos. Foto: ASCOM / SEDUC

TROCA DE CARTÕES

Em virtude do vencimento da primeira licitação, um novo processo licitatório (Nº 018/2020-NLIC/SEDUC), foi necessário para que o vale-alimentação escolar pudesse ter continuidade. Neste sentido, algumas mudanças ocorreram por conta desse novo trâmite, como a troca da empresa que gerenciava o benefício em algumas regiões do estado, que a partir de agora passam a ser administradas por outra.

Anteriormente, as recargas eram feitas somente pela empresa MeuVale. No entanto, a partir desta 7ª recarga, a distribuição do benefício será dividida também com a empresa MaxxCard, que ficará responsável por 96 cidades, nas Regiões de Integração do Araguaia, Baixo Amazonas, Carajás, Guamá, Lago de Tucuruí, Marajó e Rio Caeté.

É importante frisar que nessas regiões, que ficaram sob a responsabilidade desta nova empresa (MaxxCard), o aluno ou o responsável deve procurar a unidade de ensino onde a pessoa da família está matriculada para receber o novo cartão. Em respeito aos protocolos sanitários, em decorrência da Covid-19, a Seduc está organizando a entrega de forma escalonada nas escolas estaduais dessas regiões.

Nas demais regiões (Guajará, Rio Capim, Tapajós, Tocantins e Xingu) que continuam sob a responsabilidade da empresa MeuVale, não haverá necessidade de troca dos cartões. 

Mãe de uma aluna da Esc. Arthur Porto, no Jurunas, em Belém. Foto: ASCOM / SEDUC

CRONOGRAMA DE DISTRIBUIÇÃO

Dia 12/01 - Região de Integração do Rio Capim: Abel Figueiredo, Aurora do Pará, Bujaru, Capitão Poço, Concórdia do Pará, Dom Eliseu, Garrafão do Norte, Ipixuna do Pará, Irituia, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, Ourém, Paragominas, Rondon do Pará, Tomé-Açu e Ulianópolis.

Dia 13/01 - Região de Integração do Tapajós: Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão.

Dia 14/01 - Região de Integração do Tocantins: Abaetetuba, Acará, Baião, Barcarena, Cametá, Igarapé-Miri, Limoeiro do Ajuru, Mocajuba, Moju, Oeiras do Pará e Tailândia.

Dia 15/01 - Região de Integração do Xingu: Altamira, Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Placas, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

Dia 18/01 - Região de Integração do Araguaia: Água Azul do Norte, Bannach, Conceição do Araguaia, Cumaru do Norte, Floresta do Araguaia, Ourilândia do Norte, Pau D'Arco, Redenção, Rio Maria , Santa Maria das Barreiras, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Sapucaia, Tucumã e Xinguara.

Dia 19/01 - Região de Integração do Baixo Amazonas: Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Prainha, Santarém e Terra Santa.

Dia 20/01 - Região de Integração de Carajás: Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Marabá, Palestina do Pará, Parauapebas, Piçarra, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia e São João do Araguaia.

Dia 21/01 - Região de Integração do Guamá: Castanhal, Colares, Curuçá, Igarapé-Açu, Inhangapi, Magalhães Barata, Maracanã, Marapanim, Santo Antônio do Tauá, Santa Maria do Pará, Santa Izabel do Pará, São Caetano de Odivelas, São Domingos do Capim, São Francisco do Pará, São João da Ponta, São Miguel do Guamá, Terra Alta e Vigia.

Dia 22/01 - Região de Integração do Lago de Tucuruí: Breu Branco, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento e Tucuruí.

Dia 25/01 - Região de Integração do Marajó: Afuá, Anajás, Bagre, Breves, Cachoeira do Arari, Chaves, Curralinho, Gurupá, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, Portel, Salvaterra, Santa, Cruz do Arari, São Sebastião da Boa Vista e Soure.

Dia 26/01 - Região de Integração do Rio Caeté: Augusto Corrêa, Bonito, Bragança, Cachoeira do Piriá, Capanema, Nova Timboteua, Peixe-Boi, Primavera, Quatipuru, Salinópolis, Santa Luzia do Pará, Santarém Novo, São João de Pirabas, Tracuateua e Viseu.

SERVIÇO

Clique aqui para conferir a lista de estabelecimentos comerciais credenciados em cada município, tanto da empresa MeuVale quanto da empresa MaxxCard. 

Veja mais notícias sobre CidadaniaNotíciasPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 16 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/