Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 28 Fevereiro 2021

Alunos do Marajó fazem campanha de arrecadação de alimentos para doar a famílias em situação de vulnerabilidade

up_ag_18846_cf62ac64-362c-1a74-b280-920243926260

Preocupados com a situação das famílias que perderam renda por causa da quarentena necessária ao combate ao novo conoravírus, acadêmicos do curso de Administração da Universidade Federal do ParáUFPA), vinculados ao projeto Forma Pará estão fazendo uma campanha de educação e de arrecadação de alimentos no município de Bagre, no Marajó. Os alunos  já entregaram cestas básicas a 11 famílias do município no último sábado (4).

"A iniciativa dos alunos do Forma Pará em Bagre é inspiradora. Mostra a conscientização de que a situação que essas famílias enfrentam requer atitudes de solidariedade. Que ações como essa se multipliquem em nosso estado", declara a secretária adjunta da Sectet e gestora do Forma Pará, Edilza Fontes.

Jesus Malato, um dos organizadores da ação, conta que 13 alunos da turma decidiram fazer uma campanha educativa sobre a pandemia para levar informações à população, orientando como devem se prevenir e evitar o contágio do novo coronavírus. O projeto "União e Motivação" foi enviado à Secretaria Municipal de Saúde, que aprovou a iniciativa. Assim, os universitários elaboraram materiais educativos com informações de prevenção e combate à Covid-19 para distribuir aos moradores.

Projeto já entregou 11 cestas básicas aos moradores de Bagre. (Foto:Divulgação/Agência Pará)

Solidariedade


"Como estudantes do ensino superior do município de Bagre, não poderíamos nos limitar a ser meros espectadores da crise. Assim, nos unimos numa rede de cooperação e assumimos a nossa responsabilidade social em prol da preservação da saúde e segurança dos munícipes", diz Jesus.

Ao fazer a divulgação da campanha, os estudantes perceberam que além das informações, muitas famílias precisam de apoio para enfrentar a crise econômica, já que a quarentena leva a perda da renda de quem trabalha por conta própria. Dessa forma, decidiram ampliar o projeto educativo e fazer uma campanha de arrecadação de alimentos.

Os estudantes percorreram ruas e comércio de Bagre fazendo a divulgação da campanha e arrecadando alimentos não perecíveis. "Também montamos um ponto de arrecadação na cidade e temos recebido grande apoio da sociedade", conta Natan Pantoja, que também participa da ação. Além de alimentos, os interessados em participar podem fazer doações em dinheiro, que é utilizado para a compra dos alimentos da cesta básica.

"Material de higiene pessoal e limpeza doméstica também são muito bem-vindos", acrescenta a universitária Elenice Oliveira.

Seleção das famílias

Além de alimentos, os estudantes estão arrecadando material de higiene pessoal. (Foto:Divulgação/Agência Pará)


Os estudantes explicam que as primeiras famílias beneficiadas foram submetidas a uma discreta triagem. "As famílias foram selecionadas por meio de uma lista de controle de famílias em estado de vulnerabilidade, fornecida pelo Conselho Tutelar Municipal da Criança e do Adolescente", explica Natan, que também é conselheiro tutelar de Bagre.


Com a lista nas mãos, os estudantes fizeram visitas domiciliares para fazer a orientação sobre o coronavírus. "Uma vez confirmada a necessidade da família, voltamos no dia seguinte com a cesta básica", completa Elenice.


Na primeira semana foram arrecadados 356 itens de alimentação e produtos de limpeza e R$ 642,00. Foram montadas 15 cestas, sendo 11 entregues e quatro serão distribuídas no próximo final de semana, junto com o que será arrecadado nos próximos dias. A meta da turma é fazer a doação de pelo menos 50 cestas até o final da campanha.


Estudantes fazem arrecadação de donativos. (Foto:Divulgação/Agência Pará)

"Fazemos semanalmente a prestação de contas e divulgamos. A solidariedade é muito importante para que essas famílias em vulnerabilidade social consigam passar por esse momento difícil e a sociedade de Bagre está nos recebendo de braços abertos", enfatiza Natan Pantoja.


Serviço


A campanha continua durante o período de quarentena. Moradores de Bagre podem levar suas doações na Avenida Barão do Rio Branco, em frente à Igreja Católica.


Quem preferir fazer doações em dinheiro, os dados bancários são:  Banco do Brasil - Agência: 765-X – Conta Corrente: 74348-8, em nome de Elenice dos Santos Oliveira. 

Veja mais notícias sobre CidadesEducaçãoCidadaniaPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 28 Fevereiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/