Saiba o que é o enriquecimento ambiental, prática realizada com felinos no Acre

De acordo com a bióloga Marta Oliveira, o enriquecimento ambiental consiste em atividades que estimulem os animais.

A alimentação dos felinos do Parque Ambiental Chico Mendes, no Acre, é levada a sério pelos tratadores. Recentemente, os animais receberam enriquecimento ambiental. Durante a alimentação das onças-pintadas (Panthera onca), onças-vermelhas (Puma concolor) e jaguatiricas (Leopardus pardalis), a comida foi oferecida de forma diferente do habitual.

Carnívoros, estes animais receberam caixas de papelão, recheadas de feno e carne, colocadas em lugares estratégicos do recinto.

Foto: Reprodução/Ascom Prefeitura de Rio Branco

De acordo com a bióloga Marta Oliveira, o enriquecimento ambiental consiste em atividades que estimulem os animais.

“É extremamente importante para animais sob cuidados humanos, pois promove o bem-estar físico, cognitivo e psicológico do animal, possibilitando que ele exerça comportamentos naturais da espécie”,

explicou.

A bióloga e coordenadora do Parque, Joseline Guimarães, ressaltou que essa ação é orientado por um profissional da área, como biólogos, veterinários e zootecnistas.

“O objetivo desse enriquecimento para os felinos é que utilizem o faro para encontrar o alimento e se esforcem para alcançá-lo e pode ser utilizado para diversas espécies”, disse a coordenadora.

É importante ressaltar que as caixas de papelão foram previamente vistoriadas, retiradas as fitas adesivas e grampos que pudessem causar mal-estar aos animais. A atividade foi supervisionada pelas biólogas Marta Oliveira e Joseline Guimarães, junto aos tratadores do zoológico.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade