FUNBIO e MPF no Amazonas debatem impactos das mudanças climáticas na Amazônia Legal

O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) e o Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) realizam, no dia 16 de maio, o primeiro evento em Manaus da iniciativa Diálogos pelo Clima, dentro do Programa COPAÍBAS. Na programação, estão temas como a COP 30 e o G20, mensuração de danos climáticos e a relação entre segurança pública e climática.

O resultado do encontro vai gerar uma lista de pontos a serem acompanhados durante as negociações do G20, que acontecem no Brasil em novembro, relacionados ao sistema jurídico e à mitigação das mudanças climáticas.

O primeiro evento do Diálogos pelo Clima em Manaus vai ajudar a dar ainda mais peso ao papel da capital do Amazonas na reunião do G20. O fórum, que reúne as 19 maiores economias do mundo, além da União Europeia e da União Africana, contará com quatro conferências em Manaus nos meses de junho e setembro, dentre as quais uma sobre Iniciativa de Bioeconomia e outra com o Grupo de Trabalho de Sustentabilidade Climática e Ambiental.

Imagem aérea de Manaus. Foto: Adneison Severiano/Arquivo/g1 Amazonas

Para a gerente de projetos do FUNBIO, Andréia Mello, esse é o momento propício para ampliar a troca de ideias dentro da Amazônia Legal. Segundo ela, a parceria com o MPF-AM ajuda a dar mais peso às ações e debates desenvolvidos dentro dessa temática. “A proximidade com a reunião do G20 e os recentes eventos climáticos extremos no país, como as fortes chuvas no Sul e a onda de calor no Centro-Oeste e Sudeste do Brasil tornam esse debate cada vez mais urgente. A iniciativa Diálogos pelo Clima busca trazer diferentes olhares e novas vozes para a discussão sobre mudanças climáticas. O objetivo é encontrar caminhos para um futuro mais promissor e sustentável”, acrescentou Andréia.

O procurador da República no Amazonas, Rafael Rocha, destacou que essa é uma oportunidade única para os membros do MPF-AM refletirem e entenderem melhor o papel do sistema de justiça em relação às mudanças climáticas. “Participei do Diálogos pelo Clima em outros estados e fiquei encantado com a dinâmica do projeto. Foi muito interessante acompanhar o envolvimento dos promotores de justiça nas discussões com especialistas e representantes da sociedade civil. Por isso, fiquei muito feliz em poder proporcionar essa mesma experiência aos meus colegas aqui no Amazonas”, disse.

Além da discussão para o G20, o evento em Manaus vai reunir também especialistas nos temas da segurança climática e mensuração de dano climático. Entre os convidados, nomes como Fernanda Bortolotto (The Nature Conservancy/TNC), Adalberto Val (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/INPA), Vivian Calderoni (Instituto Igarapé), Paulo Amaral (Imazon), Danielle Moreira (PUC-Rio) e Júlia Côrtes (Forest Trends). O MPF-AM se junta aos Ministérios Públicos estaduais do Pará e do Maranhão e ao Fórum dos Procuradores Públicos da Amazônia Legal nesta parceria com o FUNBIO. Os debates da iniciativa Diálogos pelo Clima vão acontecer na sede do MPF-AM (Avenida André Araújo, 358, Adrianópolis, Manaus).

Diálogos pelo Clima

A série Diálogos pelo Clima começou em junho de 2021, com seis encontros online e já realizou, posteriormente, três eventos presenciais em estados que integram as iniciativas do Programa COPAÍBAS — Comunidades Tradicionais, Povos Indígenas e Áreas Protegidas nos Biomas Amazônia e Cerrado, que tem o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) como gestor técnico e financeiro e a Iniciativa Internacional da Noruega pelo Clima e Florestas (NICFI), como financiadora.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Mineração no Rio Madeira sob chamas enquanto o governo federal retarda adoção de políticas de incentivo à produção legalizada do setor

Relatos de moradores dão conta de que os garimpeiros bloquearam o trecho da rodovia BR-230 na tentativa de impedir a chegada de reforço policial e dificultar ações dos bombeiros.

Leia também

Publicidade