Efeito do El Niño manterá chuvas abaixo da média no Norte até janeiro

A perspectiva é que a atuação do fenômeno climático ganhe força até dezembro e intensifique o déficit de chuva sobre o leste e o norte da Amazônia.

Por influência do El Niño junto a anomalia de temperatura do Atlântico Tropical, os volumes de precipitação de chuva ficarão abaixo da média na região Norte nos próximos meses. De acordo com o coordenador-geral de Ciências da Terra do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Gilvan Sampaio, o sudoeste da Amazônia voltará a receber chuvas a partir de novembro, mas a precipitação ficará abaixo da média e possivelmente a recuperação será lenta.

Foto: Reprodução/Defesa Civil AM

A perspectiva é que a atuação do El Niño ganhe força até dezembro e intensifique o déficit de chuva sobre o leste e o norte da Amazônia e no norte do Nordeste. Para o norte do Nordeste, a indicação é de que o Atlântico Norte continuará aquecido, o que contribui para a seca.

Sampaio observa que para Rondônia a perspectiva é de manter chuvas abaixo da média. “É nesta área que está a bacia do rio Madeira, que tem contribuição importante para rio Amazonas”, explica. O Madeira é o principal afluente do Amazonas. As vazões naturais em Porto Velho (RO) apresentam valores 51% abaixo da média em outubro.

Os mapas do boletim conjunto do Inpe, Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e Funceme publicados no dia 26 de outubro foram apresentados durante sessão de debates sobre fenômenos climáticos realizada no Senado Federal.

O mapa da nota técnica indica faixas na cor amarelo e laranja com chuvas abaixo da média para grande parte da região Norte do país.

Durante a sessão no Senado, o diretor-geral do Inpe, Clézio De Nardin, afirmou que a anomalia de temperatura das águas do Atlântico Tropical Norte está entre as maiores mais registradas e estão impactando a formação de nuvens de chuva sobre a Amazônia. 

“A seca gravíssima que está no sudeste da Amazônia passará para o leste da Amazônia”, 

afirmou. 

*Com informações do MCTI

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

‘Aurora Luzitana’: livro revela história dos portugueses maçônicos no Amazonas

Em mais de 400 páginas, com um exclusivo acervo de imagens, Abrahim Baze revela grande parte da história dos maçons lusitanos no Amazonas.

Leia também

Publicidade