Manaus 30º • Nublado
Quarta, 17 Agosto 2022

Livro sobre Rondon é premiado em exposição no Canadá

WhatsApp-Image-2022-07-01-at-17.42.2_20220702-011332_1

Um mês após o seu lançamento, o livro "Rondon, o marechal da paz – A vida de um herói nacional contada por meio da Filatelia", de Maurício Melo Meneses, acaba de receber o seu primeiro prêmio. Trata-se da medalha de prata na Exposição Internacional de Filatelia no Canadá (CAPEX 2022), realizada em Toronto.

A concorrência na exposição internacional, que é uma das mais importantes do setor, tornou a conquista ainda mais relevante e reuniu colecionadores de selos de 25 países: Alemanha, Austrália, Bangladesh, Brasil, Canadá, Chile, Cingapura, Croácia, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, França, Índia, Israel, Itália, Japão, Macedônia, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Polônia, Portugal, Reino Unido, São Pedro e Miquelon, Sri Lanka.

O autor Maurício Melo Meneses. Foto: Divulgação

Biografia do Patrono das Comunicações – brasileiro indicado ao Nobel da Paz pelo físico Albert Einstein e enaltecido pelo presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt –, conta a trajetória do personagem numa criativa combinação de literatura e filatelia.

O livro tem uma série de lançamentos agendados em várias cidades brasileiras. Em Porto Velho/RO será dia 9 de julho, no Sicoob do Porto Velho Shopping.

O livro

Com 128 páginas, capa dura, leitura agradável e instigante, a obra, lançada pela Editora Mackenzie, é ricamente ilustrada por selos que retratam aspectos da vida do Marechal Rondon, dos períodos nos quais realizou seu grande trabalho que entrou para a história do Brasil. Imagens e textos harmonizam-se e se complementam, propiciando que o leitor conheça a vida do importante personagem de maneira lúdica, informativa e didática.
Na introdução, o autor salienta que falar de Cândido Mariano da Silva Rondon é essencialmente fazer alusão a um herói nacional. 


A história de Rondônia nas pinceladas de Mikéliton

Mikéliton Alves é uma "grife" das artes plásticas em Rondônia. Já retratou personalidades, cenas urbanas e rurais e iconografias rondonienses, realizando exposições muito prestigiadas pela crítica e o público. Sem dúvida, um dos artistas mais criativos, polivalentes e produtivos que surgiram nos últimos anos.

A novidade é que Mikéliton acaba de publicar um belíssimo livro ilustrado: 'Epopeia Rondônia - a emocionante história da Terra do Eldorado'. O lançamento ocorreu dia 29 no Porto Velho Shopping, contando com participações especiais do Grupo Musical Minhas Raízes e do professor Lourismar Barroso, interpretando Marechal Rondon.


Jusmar comemora 20 anos de colunismo social

Colunista social mais famoso de Cacoal (região Central de Rondônia), Jusmar Lustoza está comemorando em grande estilo 60 anos de vida, 20 de atividade na comunicação e 15 anos da sua 'Ponto E', a única revista da Região Norte, de circulação popular, com inscrição na Biblioteca Mundial (ISSN 2525-5231), o que confere ao projeto reconhecimento internacional.

Ainda como parte das comemorações, Jusmar lançou recentemente o livro 'Funil: Qual a hora certa de mudar?'. O autor explica o título: "Por analogia, a vida pode ser comparada a um funil. Temos que ser seletivos durante a vida em relação à lista de sonhos que queremos concretizar, e isso tem que ser feito com muita sabedoria".

Foto: Divulgação

O autor

Dentista de formação, o paranaense de Ibiporã Jusmar Lustoza acabou se descobrindo na Comunicação logo que chegou a Cacoal, há 20 anos, estreando o programa 'Ponto E' na TV. Uma oportunidade de divulgar seu trabalho como dentista. De forma surpreendente e natural, a mídia foi se tornando sua atividade principal, agregando ano a ano novos formatos: colunas sociais em jornais impressos, a fundação da revista e os espaços na Internet.

O colunista Jusmar e o seu livro 'Funil'. Foto: Divulgação

Um passeio no centro histórico da Capital

Projeto 'Historiando' consiste em levar estudantes de Porto Velho a diversos pontos da capital de Rondônia e, ali, detalhar aspectos da história local. São visitados edificações públicas, monumentos e a Ferrovia Madeira-Mamoré — o marco inicial da cidade.

As conduções históricas são feitas pelos historiadores Célio Leandro, Aleks Palitot e Beto Peixoto. Os agendamentos podem ser pelo WhatsApp (69) 99231-5139, com o professor Célio.

Sobre o autor

Às ordens em minhas redes sociais e no e-mail: . Todas às segundas-feiras no ar na Rádio CBN Amazônia às 13h20.

*O conteúdo é de responsabilidade do colunista


Veja mais notícias sobre JotaÓ escreve.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 17 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/