Manaus 30º • Nublado
Quarta, 29 Junho 2022

Conheça Bico do Papagaio: região turística do Tocantins que faz fronteira com Maranhão e Pará

a_praia_da_santa_em_tocantinopolis_e_uma_ilha_que_surge_durante_o_periodo_de_estiagem_no_rio_tocantin_20220525-170040_1

No extremo norte do Estado de Tocantins, para quem olha no mapa, ali na divisa com o Maranhão e o Pará, encontra-se o Bico do Papagaio. A "pontinha torta" lembra o bico das aves, daí o nome, e é uma região onde a fauna e a flora do Cerrado e da Amazônia se encontram.

O Bico do Papagaio está localizado entre os rios Araguaia, a Oeste, e Tocantins, a Leste, e é formado por 25 dos 139 municípios do Estado. A região favorece o fortalecimento turístico por conta das praias sazonais do verão tocantinense – entre junho e agosto –, com suas águas mornas e praias de areia branca.

Foto: Reprodução/Google Maps - Edição: Portal Amazônia

Araguatins 

A cidade mais populosa no Bico do Papagaio é Araguatins. Seu nome é a combinação de Araguaia - o rio - e Tocantins. Sua população estimada é de 36.573 habitantes em 2021, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A cidade se destaca justamente pelas praias de areias finíssimas e brancas, que emite um som característico em contato com a pele. 

O passeio nas calçadas da Avenida Pedro Ludovico, mais conhecida como Beira Rio, sob a sombra das mangueiras, é outro atrativo da cidade que oferece ainda bares, lanchonetes, restaurantes, além de pousadas e hotéis que ficam lotados em praticamente todos os finais de semana do mês de julho e início de agosto.

Augustinópolis

Localizado a 512 km de Palmas, Augustinópolis é considerada o portão de entrada do extremo Norte do Tocantins, por ser um importante polo econômico e centro de expressões artísticas populares, além da hospitalidade do seu povo. A cidade costuma sediar grandes eventos políticos, econômicos e culturais. 

Uma das principias manifestações culturais da cidade é sua festa religiosa, celebrada em junho, em louvor à padroeira, Santa Rita de Cássia.

Foto: Adilvan Nogueira/Governo do Tocantins

Esperantina

Outra cidade de destaque na região é Esperantina, local onde ocorre o encontro dos rios Araguaia e Tocantins, que formam praias às margens dos dois Rios, e possui uma vegetação preservada, além de ser importante município onde se pode ver o bioma amazônico.

Tocantinópolis

Tocantinópolis é outra cidade de destaque na região por sua história, que envolve as missões religiosas e também por ter sido rota econômica entre Goiás e o Norte do país. Um dos produtos mais explorados foi o babaçu.

As paisagens, terra fértil e visão panorâmica do Rio Tocantins atraíram os primeiros habitantes para por volta do ano de 1818. O município também abrigou missão jesuíta para catequizar os índios Apinajé. 

Apinayé ou Apinajé não é autodenominação do grupo, porém é atualmente a forma com os quais se designam e são designados pelos demais grupos Timbira e por seus vizinhos regionais. Eles sobrevivem da caça e da agricultura. 
Foto: Divulgação/Secom TO
O "Bico" guarda outros atrativos como a Casa de Pedra, caverna localizada em Ananás, e das trilhas e cachoeiras de Santa Terezinha. Isso sem contar a rica cultura popular, marcada pela preservação de festejos tradicionais e uma história intimamente ligada ao povoamento do antigo Norte Goiano.

*Com informações do Governo de Tocantins


Veja mais notícias sobre TurismoTocantins.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/