Manaus 30º • Nublado
Quinta, 11 Agosto 2022

Com inscrições abertas, programa deve pagar até R$ 54 mil para projetos de mulheres indígenas de Roraima

Mulheres indígenas de Roraima que tenham projetos focados em soluções socioambientais podem ser inscrever no programa 'Lideranças da Amazônia' para receberem US$ 10 mil (cerca de R$ 54 mil) e apoio técnico por um ano. A iniciativa é da organização não governamental Conservação Internacional e vai selecionar seis projetos em toda Amazônia. As propostas podem ser enviadas até o dia 21 de março e precisam ser ações lideradas por mulheres indígenas. Confira o edital.

O objetivo do programa é apoiar ideias e iniciativas lideradas por mulheres que visem o bem-estar das comunidades e territórios indígenas, com foco em temas relacionados à conservação, tradições e saberes ancestrais, direitos indígenas e reconhecimento legal, produção sustentável, soberania alimentar, língua e cultura, fortalecimento de organizações, entre outros.

Foto: César David Martínez/Conservação Internacional

Mayara Ferreira, gerente de projetos da CI-Brasil, explica como o trabalho junto às mulheres será realizado: "Iremos trabalhar com essas líderes por um ano no desenvolvimento do projeto. Além do aporte financeiro, elas também receberão suporte de uma equipe técnica multidisciplinar que irá apoiar atendendo as necessidades e realidades individuais. O apoio às mulheres é um passo em direção a igualdade de gênero nas comunidades indígenas da Amazônia".

Serão priorizadas propostas inovadoras, que tragam soluções socioambientais criativas e favoreçam o engajamento de mais mulheres em questões relacionadas à conservação e o desenvolvimento de redes de lideranças femininas indígenas.

Mulheres Indígenas Lideranças na Amazônia

O programa é uma iniciativa do projeto 'Nossas Futuras Florestas - Amazônia Verde', implementado pela Conservação Internacional com o apoio da Coordenadoria das Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (do espanhol, Coica) e do governo francês. O projeto promove e apoia os esforços de conservação de 26 povos indígenas e comunidades locais, por meio de ferramentas, treinamento e financiamento necessários para o manejo de seus territórios e conservação da Amazônia.

A Conservação Internacional (CI) usa ciência, política e parcerias para proteger a natureza da qual as pessoas dependem para obter alimentos, água doce e meios de subsistência. Fundada em 1990 no Brasil, a Conservação Internacional trabalha em mais de 30 países em seis continentes. 

Veja mais notícias sobre Roraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 11 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/