Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 07 Mai 2021

Crianças em tratamento contra o câncer no Pará enviam cartas para famílias de pacientes do Amazonas

"Não se preocupe, Deus está do seu lado. Sejam fortes para enfrentar esse desafio...Eu também já passei por isso e sei que tudo vai dar certo. Sei que a luta é grande, mas podemos acreditar que Deus é maior que tudo. O segredo é confiar". A mensagem anterior, escrita por A.M.F, de 10 anos, paciente do Hospital Oncológico Infantil Dr. Octávio Lobo, foi uma das enviadas aos familiares de pacientes do Amazonas que estão internados no Hospital de Campanha do Hangar, em Belém, em tratamento contra a covid-19.

Ao todo, 12 cartinhas foram escritas por crianças que fazem tratamento de saúde no Hospital Oncológico Infantil para servir de motivação e apoio das famílias do município de Tefé, no Amazonas, que estão longe de seus parentes.

Foto: Ricardo Amanajás/Ag. Pará

"Desde os 12 anos, meu filho vem enfrentando várias lutas, então isso faz ele ter mais força para viver, ter mais esperança e perseverança. Além disso, é uma criança incentivando outras pessoas que estão sem nenhuma esperança nesses tempos de pandemia", disse orgulhosamente Delma Assis, mãe de um paciente em tratamento oncológico.

Todas as cartas foram digitalizadas e serão encaminhadas ao e-mail institucional da Secretaria de Assistência Social do Município de Tefé – AM, órgão que fará o repasse da correspondência aos familiares dos pacientes. As cartas físicas serão entregues, nesta segunda-feira (15), aos pacientes que encontram-se internados no Hospital de Campanha do Hangar.

Para o Secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, ações como essa têm um poder curativo. "Isso mostra toda a solidariedade, todo o engajamento do povo paraense, seja de qualquer idade, em ajudar. Isso nós dá mais força e esperança de continuar na luta, colocando todos os esforços que o Estado possui para salvar vidas e vencermos o coronavírus," ressaltou Rômulo.

O Hospital de Campanha de Belém, no Hangar - Centro de Convenções da Amazônia já recebeu mais de 41 pacientes transferidos do estado vizinho, sendo 12 de Tefé, que fica a 1.814 km da capital paraense. Ao todo, sete receberam alta e cinco continuam internados.

Humanização

As equipes multidisciplinares do Hospital Oncológico Infantil Dr. Octávio Lobo iniciaram a oficina com a participação de 15 pessoas, entre crianças e adolescentes em tratamento na instituição, as quais se sensibilizam com a arte de pintura e escrita.

"Nós entendemos que são famílias que ficam apreensivas pelos pacientes estarem num estado vizinho em tratamento enfrentando a Covid-19, e por isso nós tivemos essa iniciativa de trabalhar com essas crianças que são guerreiras, e assim passar uma mensagem de apoio e solidariedade aos parentes e amigos desses pacientes," pontuou Viviane Lessa, gerente de qualidade do Hospital Oncológico Infantil.

Foto: Ricardo Amanajás/Ag. Pará

O atendimento humanizado é um diferencial buscado dentro do Sistema Único de Saúde (SUS), por isso o HC de Belém tem trabalhado em ações que possam ajudar no progresso de alta dos pacientes. "No serviço de saúde é importante que os profissionais entendam quais são os anseios dos usuários, e que muito deles são ligados do lugar de onde vieram. Acreditamos que é motivador para uma família que teve um parente transferido para Belém receber uma carta de uma criança em tratamento contra o câncer, dizendo fique tranquilo, acredite que tudo vai ficar bem," considerou Alba Muniz, diretora do Hospital de Campanha de Belém.

Tratamento Oncológico

Atualmente, o Hospital Oncológico Infantil recebe 442 pacientes para o tratamento quimioterápicos, com 52 internados. No local são realizadas sessões de quimioterapia e radioterapia, além dos serviços de radioterapia, radiologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, terapia intensiva, cuidados paliativos, dentre outros.  

Veja mais notícias sobre ParáSaúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 07 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/