Manaus 30º • Nublado
Domingo, 25 Setembro 2022

Modelo viraliza ao "tomar banho" com jiboia em igarapé no Amazonas

Captura-de-Tela-2022-03-10-as-11.56.00

As escuras águas dos rios do Amazonas escondem segredos e belezas inimagináveis. Foi neste contexto que a postagem da modelo e empresária Djidja Cardoso viralizou nas redes sociais. 

Em um vídeo publicado no dia 9 de janeiro deste ano, Djidja aparece em um igarapé com uma jiboia e, claro, os internautas ficaram surpresos com a coragem dela. Confira:

Na plataforma de vídeos Tik Tok, a interação da modelo com a serpente tem quase 12 milhões de visualizações. No vídeo a jiboia nada na direção da modelo, que a recebe e, em seguida, a coloca no pescoço. O sucesso foi tanto que várias páginas populares repostaram o vídeo.

O nome da jiboia é Bernardo e pertence ao cuidador de animais Salomão Leão. O vídeo que Djidja e Bernardo interagem não foi o primeiro encontro deles. A modelo contou ao Portal Amazônia que os sentimentos de fotografar com Bernardo são mistos.

"No primeiro encontro, tive mais medo que outra coisa. Porém, dessa vez parecia que já tinha intimidade com o Bernardo. O sentimento não foi de medo, pelo contrário, fiquei muito feliz pela experiência de nadar com uma cobra. O Bernardo é super bem cuidado desde bebê", 

contou ao Portal Amazônia.
Djidja e Bernardo. Foto: Divulgação

Para Djidja, a interação com a natureza é muito importante. "Pude perceber que a criação, respeito e o amor são muito importantes até quando um animal é silvestre. A excelência que o Salomão cuida de seus animais é impressionante, tanto que consegui ficar confortável ao lado da cobra", assegurou a modelo. 

O Portal Amazônia reforça que o manuseio de animais como as cobras deve ser realizado apenas por profissionais ou com a supervisão dos mesmos. 

Veja mais notícias sobre Amazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 25 Setembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/