Manaus 30º • Nublado
Segunda, 15 Abril 2024

Grupo realiza pesquisa sobre as plantas alimentícias não convencionais em Macapá

pancsamapa

Elas podem estar mais perto do que você imagina. No quintal, no jardim, na horta do bairro. E são chamadas de "mato" por falta de conhecimento. As PANC (plantas alimentícias não convencionais) são comestíveis e ricas em nutrientes.

Em Macapá, um grupo tem estudado bastante essas plantas e estão desenvolvendo um projeto para disseminar o conhecimento para a sociedade. As PANC são plantas comestíveis que trazem diversos benefícios para a saúde como fontes de nutrientes e vitaminas.

Foto: Divulgação

Melson Monte, idealizador do projeto, explicou que o interesse pelas plantas surgiu a partir de trabalhos com abelhas. "Eu sempre gostei de plantas, mas trabalhava apenas com abelhas. E elas gostam de plantas que têm flores que elas possam retirar o néctar e o poro para fazer o mel. A partir daí passei a descobrir essas plantas que as pessoas pouco conheciam e comecei a divulgar", disse.

No Brasil, existem pelo menos 3 mil espécies de plantas alimentícias com ocorrência conhecida. De acordo com um levantamento da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), estima-se que em todo o país, pelo menos 10% da flora nativa (4 a 5 mil espécies de plantas) sejam alimentícias.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), ao menos 400 mil plantas já foram identificadas em todo mundo. Dessas, 30 mil estão aptas a comporem o cardápio diário.

Mas cerca de 6 mil apenas foram cultivadas para produzir alimentos e, atualmente, se usa por volta de 170 em escala comercial significativa. Uma das ideias do projeto no Amapá é catalogar e oferecer para restaurante locais essas informações com objetivo de incentivar a criação de pratos com as PANCS para culinária local.

Como são naturais, podem ser mais fáceis de cultivar, mais frescas e livre de agrotóxicos.

Veja mais notícias sobre Amapá.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 15 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/