Manaus 30º • Nublado
Terça, 31 Janeiro 2023

Especialistas analisam saúde de árvores e potenciais de florestas do Amapá

A quantidade e a qualidade dos recursos florestais do Amapá serão medidas a partir de uma coleta de informações que começou a ser realizada por equipes do Inventário Florestal Nacional (IFN), que integra o Serviço Florestal Brasileiro (SFB).

Cerca de 200 pontos no Estado recebem visitas de especialistas para análises da saúde e da vitalidade das árvores. Os resultados irão subsidiar a administração pública na implementação de políticas para manejo e conservação das florestas.

E essa coleta de dados também é feita a partir de entrevistas com moradores que habitam as regiões próximas aos pontos. A ideia é entender a relação deles com a floresta e com os recursos que dela são gerados, como óleos, sementes, e a própria madeira.

Equipes do inventário nacional. Foto: Divulgação/Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca

Ainda há a coleta de material do solo e botânico, que irão para herbários, como explica Humberto Navarro Junior, coordenador-geral de inventário e informações florestais do SFB.

"Eles coletam partes das plantas que vão para os herbários do Amapá, da região Amazônica e também sempre uma duplicata desse material é enviada para o Herbário Nacional, no Rio de Janeiro. Ainda em setembro iniciamos atividades que percorrem o Brasil inteiro coletando informações de 20 em 20 quilômetros", explicou o coordenador-geral.

Em todo o Estado apenas as áreas indígenas não terão a coleta de dados. A primeira fase no Amapá tem um prazo de aproximadamente 6 meses para ser finalizada. 

"O Amapá era o único Estado em que nós não tínhamos feito nenhuma coleta. Serão cerca de 200 amostras no Amapá, ou unidades amostrais. Em cada unidade a gente coleta informações, tanto biofísicas quanto informações socioambientais", pontuou Navarro.

Floresta Nacional do Amapá. Foto: Divulgação/ICMBio

Dos Estados que têm cobertura da floresta amazônica apenas Amapá, Amazonas, Pará e Mato Grosso ainda estão com equipes em campo. Acre, Roraima e Rondônia já concluíram esta fase.

Já os Estados de Tocantins e Maranhão estão bem próximos da conclusão dos relatórios. Dezoito Estados de todo o país apresentaram os relatórios, que estão disponíveis no site do Sistema Nacional de Informações Florestais.

O inventário no Amapá é executado pelo SFB, ligado ao Ministério da Agricultura, com recursos do Fundo Amazônia, administrados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). Durante a coleta, as equipes passarão por todos os municípios do estado para realizar o levantamento de campo. 

Inventário Nacional 

O Inventário Florestal Nacional é implementado pelo Serviço Florestal Brasileiro e está previsto no Código Florestal (Lei 12.551/2021). Trata-se de um levantamento que busca conhecer os recursos florestais brasileiros para apoiar a formulação de políticas públicas e ajudar a identificar estratégias e oportunidades para o uso sustentável, recuperação e conservação dos recursos florestais.

Até o fim de setembro, foram inventariados mais de 430 milhões de hectares, o que corresponde a 51% do território nacional.

Por Rafael Aleixo, g1 AP — Macapá


Veja mais notícias sobre Meio AmbienteAmapá.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 01 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/