Manaus 30º • Nublado
Terça, 05 Março 2024

Segunda edição do Torneio de Pesca Esportiva em Vitória do Xingu fomenta turismo na região

O município de Vitória do Xingu, na Região Turística do Xingu, no Pará, promove entre os dias 9 e 10 de setembro a II edição do Torneio de Pesca Esportiva do Tucunaré, na Praia da Orla. Com patrocínio da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), a competição quer promover a prática dessa modalidade esportiva, o lazer e fomentar o turismo na região, com a atração de visitantes de outros Estados.

Na primeira edição do evento em 2022, os peixes capturados foram soltos no habitat natural e alguns exemplares foram doados para a Universidade Federal do Pará (UFPA), com a finalidade de estudos para o desenvolvimento da espécie no Rio Xingu.

"Ao unir os amantes da pesca esportiva, estamos valorizando a preservação das espécies e a sustentabilidade e assim o município de Vitória do Xingu se posiciona no mapa do segmento de turismo de pesca no Pará", analisou a secretária de Turismo e Lazer de Vitória do Xingu, Hellen Luana.

Foto: Reprodução/Agência Pará

A pesca esportiva tem sido cada vez mais valorizada como um atrativo turístico no Brasil. Na Amazônia e no Pantanal, a pesca de espécies como o tucunaré e dourado, atrai turistas estrangeiros em busca de uma experiência sustentável, responsável, com conservação dos recursos naturais e respeito às comunidades locais. 

Regulamentada pelo Ministério do Meio Ambiente, a pesca esportiva tem regras específicas como limites de captura de determinadas espécies, tamanhos mínimos para a pesca e em seguida o competidor deve devolver o peixe à água, os peixes não são vendidos ou consumidos.

Leia também: Entenda como funciona a pesca esportiva e como deixar o peixe menos 'estressado' durante a pescaria

O mercado da pesca esportiva movimenta consideravelmente a economia, algo próximo a 200 bilhões de dólares no mercado global, o equivalente a cerca de 1 trilhão de reais. 

"Estamos falando de uma grande oportunidade de crescimento do número de turistas e visitantes trazendo receita para o estado. O esforço da Setur é justamente transformar esse potencial em produto turístico possível de ser comercializado, gerando emprego e renda nos cantos mais remotos do nosso território", pontua o secretário de Turismo do Pará, Eduardo Costa.

Foto: Reprodução/Agência Pará

1ª Edição 

A edição do torneio realizada no ano passado atraiu competidores e turistas de vários municípios e Estados, e contou com 40 equipes, compostas por quatro participantes cada. Ao todo cerca de 70 exemplares foram apresentados durante o torneio. Além de todas as atividades relacionadas a pesca esportiva, o evento contou com atividades esportivas como futevôlei, caiaque, canoagem, arremesso e corrida de rabeta.

A Setur passou a oferecer o curso de Condutor de Turismo de Pesca Esportiva, com o objetivo de capacitar pessoas para atuarem na atividade de turismo de pesca e fortalecer esse segmento do turismo no Pará, O município de São Caetano de Odivelas recebeu a primeira turma em maio desse ano.  

Veja mais notícias sobre TurismoPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 05 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/