Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 06 Março 2021

Efêmero Sonoro: primeiro single do álbum Paco Júnior traz temática LGBTQI+ e periférica



Imerso no discurso livre, na cultura LGBTQI+ e periférica, o artista amazonense Paco Júnior lança o primeiro single da obra fonográfica "Efêmero Sonoro". O cantor inicia a divulgação nas plataformas digitais do single/clipe "Look At My Face", um envolvente brega funk que promete cair no gosto do público manauara.

Paco é um artista de teatro que se descobriu cantor em oficinas de canto na UEA (Universidade do Estado do Amazonas), onde é bacharel de Teatro. Ele entendeu que poderia performar nos palcos, fundindo expressões como o teatro, audiovisual, a dança, a poesia, a música e as artes plásticas. E de 2017 para cá, já lançou dois singles "Essa é pras gays" e "Ô Mana".


Em suas composições, o artista traz discursos políticos, inquietações e vivências pessoais, abordando temas como preconceito, sexualidade, diversidade, repressão e depressão. O novo single tem todos esses elementos. 'Look At My Face' é uma canção com produção de Ana Paula Mady, experiente em estilos que vão do rock ao brega, passando por lambada e ritmos populares, como produtora ou musicista.

Este é o primeiro single do álbum "Efêmero Sonoro", que reúne oito músicas autorais compostas pelo ator e compositor. A produção musical e executiva da obra também é assinada pelo DJ Pedro Cacheado, de renome na cena cultural manauara.

"Por enquanto, apenas esse single tem data agendada para lançamento. A correria para entrega de trabalhos e a pandemia tem inviabilizado muitas produções e conseguir finalizar este clipe já é uma vitória. A princípio, o clipe estará no YouTube e redes sociais, como Instagram, via IGTV. A música tem uma pegada funk, brega funk, bem agitada e pra cima, com a marca da Mady, produtora musical trans que vem para somar com a temática de todo o projeto", explicou Paco.

Efêmero Sonoro foi pensado justamente para levar à frente a originalidade das composições de um artista independente que tem como proposta artística abordar temáticas de seu cotidiano periférico e marginalizado. Dentre os temas discutidos nas músicas, está a comunidade LGBTQI+, e também as vivências pessoais presenciadas pelo autor ao longo da sua trajetória de vida. O intuito é causar uma reflexão na sociedade, partindo do pressuposto de que vive-se em um país diverso, no qual as pessoas têm o direito de escolha e de representatividade.


 Rodado em uma bar do Centro da cidade, o clipe tem concepção e direção de arte do próprio artista em parceria com Pedro Cacheado. A direção geral, fotografia e edição de imagem são assinados por Graziela Praia da Teçá Filmes. "Até a locação do clipe foi pensada com base no mote do projeto. Queria mostrar um pouco da realidade noturna, dos bares de rua, sobre como é a noite para as minorias, que apesar da repressão ainda conseguem se divertir. Efêmero Sonoro busca dar visibilidade à cultura LGBTQI+ e periférica, incluindo ao audiovisual, o discurso livre. Vários projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc, em Manaus, são geridos por pessoas dessa denominação e que se identificam com a sigla. O que mostra a força desse público. Falta apenas ser visto e encarado como cultural e comercialmente viável pela iniciativa privada, a exemplo do que ocorre em outras grandes cidades", disse Paco.

Ciente da concorrência, Paco resolveu assim mesmo mostrar seu projeto à banca. "Não levava muita fé em ser contemplado, mas consegui e os clipes e singles serão a resposta. Houve muita participação da equipe, muito empenho. Todos conhecem a realidade que quero mostrar. Desde os colaboradores das áreas mais técnicas quanto ao performer e responsável pela coreografia, Mael Araújo, nos sentimos vencedores", finaliza o artista.

Gerido pela Poranga Produções e Gravadora, o projeto 'Efêmero Sonoro' foi contemplado pelo Edital Concurso-Prêmio Manaus de Conexões Culturais - Lei Aldir Blanc com apoio do Governo Federal, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Prefeitura de Manaus.

Veja mais notícias sobre AmazonasMúsica.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 06 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/